Diário do Sugrillos

Legal, não conheço esse site… Pode me passar o link? Obrigado!

4 Likes
4 Likes

Dia 1

Comecei a colocar em prática esse novo olhar para com as mulheres, canalizar os pensamentos em coisas não pornográficas quando me sinto atraído por alguém. É um exercício que requer prática até que seja algo natural. É possível pensar em sexo com alguém sem objetificar ou fantasiar, apenas focar no desejo que aquela pessoa lhe causa e usar isso a seu favor quando partir pra prática da conquista e sedução.

3 Likes

Gosto desse pensamento, mas uma pergunta, você caiu pra PMO depois dessa consideração de reset?

5 Likes

Sim mano, não consigo recomeçar sem antes chutar o balde mais uma vez. Quando percebi que tinha falhado, veio uma frustração grande.

4 Likes

Acho que ce tá em um processo de autosabotagem, querendo um reboot perfeito (que não existe), quando você não consegue, você tem a desculpa de cair em PMO pra tentar de novo, pelo menos é a minha percepção, posso está errado.

7 Likes

Estranhamente eu acho que são as duas coisas. Uma evolução em enxergar brechas no processo, mas ai vem o outro lado de que se é pra recomeçar, eu volto pra PMO antes. Tipo como se fosse uma casa com rachaduras, ai invés de tapar elas, eu derrubo a casa e começo a construir do zero, o velho 8 ou 80.

Eu ainda tenho dúvidas sobre a questão de deixar os pensamentos fluírem, pq penso que deixar um pensamento pornografico fluir, é dar vasão para fantasias, como dizem “um abismo leva a outro abismo.”

4 Likes

Dia 2

As vezes penso em não ser repetitivo no que vou relatar, mas essa luta tem dias comuns também. Tentações, gatilhos, desânimo, libido alta, dias bons, ruins, estresse, irritação, alegria, tristeza, conquistas, falhas etc. No começo do ano eu projetei uma trajetória de uma streak perfeita, 365 dias limpo com a virada do ano, e quem nunca sonhou com isso? É saudável, mas também precisamos aceitar de que as coisas nem sempre vão ocorrer conforme o planejado. De qualquer forma, já foi um grande progresso até aqui, porque em outras épocas, eu já tinha desistido e sumido daqui.

6 Likes

Pois é, não é preciso destruir a casa só porque o acabamento ficou feio, cuidado com isso!!

Admiro que você esteja focado mano!! Tamo junto

8 Likes

Tamo junto brother. Obrigado pela força.

4 Likes

Dia 3

Essa semana minha psicóloga falou que minha expressão é no geral séria. Que eu não demonstro o que estou sentindo, apenas pelo olhar que ela aprendeu a reconhecer. Estávamos falando sobre algumas ocasiões em que as vezes acontecem alguma troca de olhares com algumas mulheres. Eu tenho um certo grau de insegurança nessa área afetiva e sei que faço isso inconscientemente, deixar a expressão mais séria quando percebo alguns olhares, não consigo reagir de formal “normal”. Existem algumas vantagens nisso também, como por exemplo passar um ar misterioso ou não perceberem se estou com medo ou inseguro. Sou frio e calculista (só a cara) kkkk.

6 Likes

Dia 0

Percebi um certo padrão de resets que tem me acompanhado desde o começo desse ano:

Streak alta = Reset por identificar alguma falha no processo (tipo uma autossabotagem)
Streak baixa de 4, 5 dias = Reset por ceder a vontade.

Sendo que as streaks baixas, são depois de um reset de uma streak alta, depois de alguns dias resetando, eu volto a permanecer firme e esse ciclo fica se repetindo. Fiquei refletindo o que me me dá um impulso pra eu chegar mais longe, e geralmente é quando reinicio o reboot com algum novo ciclo externo, por exemplo um ano novo. Mas eu não posso depender de fatores externos pra isso, o impulso precisa vir da minha própria força de vontade.

Ontem pela primeira vez esse ano vieram pensamentos de desistência em relação ao reboot. Isso me preocupa.

6 Likes

Concordo, essa exigência, só torna o caminho quase impossível

3 Likes

Eu resetei várias vezes antes de conseguir uma streak mais alta. Acho que faz parte do processo.

Acho que ajuda também identificar o que impulsiona você ao relapso. Na minha vida, ano passado eu estava em um trabalho home office que era muito ruim. Pagava bem, mas ninguém dava a mínima para o que eu fazia. Era muito frustrante, eu dormia mal e não conseguia parar com P. Esse ano larguei o emprego e estou indo atrás das coisas que gosto. Ajudou muito, mesmo trabalhando em casa em frente o PC o dia todo não assisto mais.

É tipo criar um ambiente que favoreça vc a ir mais longe. Quanto mais satisfeitos estamos com nossa vida, mais fácil fica. Claro que nunca as coisas vão estar 100% como nós queremos, mas tentar melhorar algum aspecto importante.

Outra coisa que me ajudou foi ir em etapas. Eu não parei com masturbação direto… Primeiro foquei em simplesmente não ver mais P. Foi bem difícil no começo. Agora que está um pouco mais tranquilo eu estou tentando parar com M. Acho que assim é mais fácil, depois dos 90 dias os impulsos são menos intensos.

4 Likes

Uma das coisas é eu me cobrar muito e tentar talvez alcançar um padrão que não existe. As coisas que relatei aqui sobre os motivos dos meus resets por identificar falhas, são verdadeiras, porém ao mesmo tempo são armadilhas porque eu simplesmente não consigo resetar o contador, eu volto pra PMO.

Eu tenho um sentimento similar em relação ao meu trabalho, não me sinto valorizado, ainda mais que mexo com Design, eu precisava de um lugar pra expor minha capacidade ao máximo, mas por enquanto é o que paga as contas.

Obrigado pelas palavras brother. Espero que dessa vez eu vá mais longe.

6 Likes

Dia 1

O primeiro dia já começou agitado logo nas primeiras horas de reboot. Resolvi acordar 1 da manhã pra ver o eclipse da lua, e um pouco antes eu estava tendo sonhos eróticos, e isso só acontece lá pelos 20, 30 dias reboot. Eu gosto de simbolismos com datas especiais, horas, eventos marcantes. Enquanto eu admirava a lua vermelha, pensei que esse fenômeno seria um marco de uma nova fase na minha vida, onde finalmente eu venceria o vício em pornografia. Não que lua tenha algum poder, mas pra mim é um símbolo onde talvez daqui a um bom tempo eu vou lembrar desse dia em especial que foi meu primeiro dia de uma longa jornada de vitória.

6 Likes

Sugrillos, cuidado com a auto-sabotagem. Se for para você resetar o contador e se liberar para recair, não resete o contador.

Lembro que você vinha firme, até que sua namorada te enviou nudes sem você pedir e depois, mesmo você não tendo voltado para o ciclo de compulsão (que é o vício), você ficou considerando que aquilo era recaída e dali se liberou para recair. Agora você tava com mais de 22 dias e na exigência de perfeição resetou o contador de novo e com isso abriu a porteira para recair.

Meu conselho para você: se você não voltou para a compulsão por PMO, você não recaiu. Recair é re-cair, é ficar caindo de novo e de novo e de novo, nessas streaks curtas.

O resto são deslizes. Perigosos? Sim. Devemos evitar a todo custo. Mas recaída mesmo é voltar para esse ciclo de compulsão à repetição. Mais importante que contador é o seguinte: eu ficarei sem PMO hoje, amanhã e depois e depois de amanhã e daí por diante? Se sim, então eu não recaí. Só tive um deslize. E bola pra frente.

Até porque em streaks longas você tem mais chance de voltar a ficar sem PMO, que é o que importa, já que o corpo está mais acostumado a ficar sem aquilo do que com pmo.

Então é melhor ter um contador de 500 dias, sabendo que lá para o dia 300 se cometeu um deslize (mas depois disso você colocou uma pedra, bola pra frente, e ficou mais 200 dias limpos, aproveitando que seu corpo estava mais acostumado a ficar sem PMO do que com PMO), do que chegar no dia 300, cometer um deslize, considerar que recaiu (sem ter RE-caido, ou seja, voltado para o ciclo de compulsão do qual não se consegue sair), zerar o contador e a partir dali chutar o balde e se liberar para afundar em PMO.

Se não resetar o contador é importante para você se manter sem PMO daqui pra frente, não o resete. Porque não importa o contador, não importa a rede neural. Só importa ficar hoje, amanhã e depois sem PMO - independente dos deslizes que tenham acontecido (e acontecerão… Embora devamos evitá-los com todas as nossas forças).

Se Deus tem misericórdia de nós, nós também temos que ter misericórdia de nós mesmos.

O que determina a recaída é o daqui pra frente, se você vai conseguir ficar sem PMO do dia do deslize em diante. Se conseguir ficar, não recaiu, foi só um deslize. Se ficar caindo em streaks curtas, aí sim aquele deslize demarcou de fato uma re-caída.

Tirando essas auto sabotagens você vai muito longe, cara. Abraço👐

6 Likes

Dia 2

De uns tempos pra cá tenho notado mais olhares femininos, apesar de não ter alcançado uma streak alta onde relatam que esse tipo de coisa começa a acontecer. Creio que tem mais haver com a vontade de querer vencer, alguma coisa na postura, no nosso olhar, forma de agir etc. Eu olho no espelho e enxergo a mesma pessoa, mas sei que algo mudou em mim desde o começo do ano.

5 Likes

Cara, primeiramente obrigado por tirar um tempo pra me aconselhar. Tudo que vcs falam eu reflito e guardo pra mim porque vcs são exemplos de pessoas que estão na luta.

Eu reconheço que em questão do Reboot eu sou um cara Ortodoxo, quero fazer o que está na “cartilha”, mas com isso me cobro muito também. Talvez eu precise colocar na balança o que pra mim são deslizes, porque ainda penso que qualquer estímulo artificial intencional é motivo para resetar, mas ai pra mim também entra a sabotagem, porque não consigo resetar sem antes voltar pra PMO. Enfim, dessa vez estou mais blindado contra falhas.

6 Likes

Dia 3

Tudo tranquilo até agora. Só tenho que tomar cuidado com o final de semana. As vezes eu consigo passar uma semana de boas, ai chega no sábado, parece que uma chave vira na minha cabeça e eu simplesmente decido consumir pornografia.

6 Likes