Pensamentos de um escravo sonhando com a liberdade

Oi, me chamo Gustavo. Já estive nesse aplicativo/fórum há quase um mês. Mas estou nesse problema, vício, erro, pecado, ou o que for, há cerca de 7 anos. Tenho 19 anos de idade, e comecei com pouco mais pouco menos de 12 anos (2014) a consumir conteúdos pornográficos. No começo foi por de colega que falou um ano antes, achei nojento e até bizarro, mas depois a curiosidade venceu, e depois o desejo carnal. A masturbação veio também por curiosidade dois anos depois (2016), achei horrenda a sensação no começo, era algo diferente e até estranha (claro, primeira vez), mas como eu estou nesse aplicativo, infelizmente significa que não parei. A masturbação e o consumo de conteúdos impróprios vieram se unir um ano após, e depois disso eu sempre me senti mal. Na verdade, desde 2016 que eu venho querendo parar, mas fui incapaz de conter esses impulsos, e hoje me sinto como um escravo, um morto, ou um verme que não aguenta sair da podridão de um reino imoral que logo depois de ver a beleza do mundo, se esconde de vergonha.
Decidi me juntar ao NoFap para buscar ajuda, pois ficar me escondendo e tentando sair dessa sozinho foi um grande erro, que eu poderia ter evitado anos atrás. Mas fui incapaz de agir conscientemente.
Escrevo aqui pois, para minha desgraça, quebrei minha sequência de 13 dias…
Dia 0: A sensação é a mesma de todas as vezes em que eu falhei, e o pior é que eu continuo errando. Sinto… na verdade não sinto. Quase chorei me olhando para o espelho, me perguntando o porquê de eu ter feito isso. Nem sei o que escrever. Me sinto horrendo, mas a pergunta é: como eu me esqueço disso? A vontade de se matar, a vergonha, a decepção. Por que caralhos eu faço e refaço isso? É como se um outro eu tomasse conta de mim, mas o pior É que não. Isso é uma desculpa para que eu me sinta mais amenizado. Culpar alguma coisa, mas eu sou o culpado. Yare yare. Quero só finalizar o dia.
Motivo de queda? Nem eu sei direito. Vou me afastar o máximo possível das redes sociais, essas porras só infernizam o homem. Ai ai… tem tanta coisa para mudar, e espero que escrever e conversar me ajude.

11 Likes

Mano meu amigo me mostrou a pornografia eu tinha 11 anos mas eu nunca assisti porno dps desse dia mas eu ficava me masturbando dps de três anos estou tentando vencer esse mal a pornografia sou livre desde quando eu nasci mas o problema é a masturbaçao, Deus irá confortar sua alma siga em frente que vc irá conseguir se libertar desse vício!!

4 Likes

É horrível esse sentimento de culpa que sentimos mas peça a Deus pra ele confortar sua alma,que vc está muito arrependido e ele irá te ajudar!!

4 Likes

Amigo, sei como é, te entendo perfeitamente, passei diversas e diversas vezes por isso. Mas caso queira conversar, pode me chamar que estou disponível, trocar dificuldades e dicas para vencer esse vício sempre é muito bom. Que Deus nos ajude.

5 Likes

Muito obrigado, cara. Espero e confio que vamos sair dessa. Só estou me sentindo mal pelo sentimento de culpa que bateu recentemente. Mas não quero me esquecer dele. Não posso.

5 Likes

beleza, mano. Pdp. Brigadão mesmo.

3 Likes

Sei como é a sensação, irmão. Todos esses sentimentos e o auto-desprezo de cometer erro após erro. Acredito que é necessário reconhecer que temos errado, mas não a ponto de nós odiarmos. Temos sim que odiar nossa natureza pecaminosa, mas precisamos nos amar um pouco para nos tirarmos dessa situação, e acima de tudo crer e querer deixar esses vícios.

Conheci a pornografia e a masturbação há 10 anos. Me masturbava muito no chuveiro e na privada, mas já me masturbei no sofá, em frente à TV e ao computador, debaixo da coberta, no trabalho, na escola e no curso, algumas vezes até no mesmo ambiente que outras pessoas, e também com tudo quanto é tipo de objeto que tinha algum buraco. Já cheguei ao ponto de ter 6 orgasmos em 2 horas, meu pênis ficava arrasado. Só tô contando tudo isso pra mostrar o quão ruim eu já fui, mas mesmo eu tô conseguindo deixar o PMO. Hoje eu completo 4 meses de streak, 120 dias, esse tempo atrás eu não fazia ideia de que chegaria tão longe, mas é importante não perder a esperança e o desejo de lutar.

Fiquem firmes, irmãos. Podem me chamar se quiserem conversar. Deus os abençoe.

10 Likes

Mano. Que baita testemunho, na real. Valeu, cara. Isso realmente me conforta. Às vezes vem a mente se é possível parar, mas você está em 120 dias! Mano, eu nem sei como agradecer por poder ler isso. Abraços.

4 Likes

Dia 0; 16h e 40 min:
Me sinto mais revigorado. Não consegui ir ao cursinho ontem pela vergonha e tristeza que bateu, mas passou. Não posso deixar meus sentimentos me dominarem. Saí e fui à praia hoje andando, foi bom poder não ter muita coisa ao meu redor, consegui pensar e refletir um pouco. Mal se completa um dia e já senti um impulso chegando, mas a ferida é recente e deu para segurar. É como está escrito: " E disse-me: A minha graça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza. De boa vontade, pois, me gloriarei nas minhas fraquezas, para que em mim habite o poder de Cristo." 2 Coríntios 12: 9
Amém, que seja assim sempre e que eu não me esqueça. Pois depois que eu estou mais “feliz” (sem sentir mais os efeitos da pmo, fica mais fácil para que eu caia).
Por enquanto é isso. Desejo o melhor para todos.
Deus nos abençoe.

5 Likes

Que bom que te ajudou cara, é assim que tem que ser, um irmão ajudando o outro. Vamos juntos nessa luta pela liberdade!

3 Likes

Bem vindo irmão, é só ter foco e força de vontade pra conseguir sair dessa.
E não se sinta envergonhado por recair, isso é algo normal, ao invés de se lamentar pela falha, entenda ela e os motivos de porque você fez isso
Use suas fraquezas ao seu favor

4 Likes

:muscle: Brigadão a todos! Sinto-me mais reconfortado assim!

3 Likes

Dia 1; 12 horas: Já há sinais de impulsos.
Queria ter escrito ontem, mas fico muito feliz pelo motivo pelo qual não escrevi: estive ocupado! Pela manhã nem tanto, mas pude fazer algo mais produtivo arrumando a casa e me estressando com a bagunça :grinning_face_with_smiling_eyes: sem impulsos até então. Saí para fazer exercícios diários e depois que cheguei já fui ao cursinho, foi muito bom, mesmo me sentindo envergonhado. À noite é o problema, quando deito na cama minha mente começa a fugir de meu controle, e certas vezes me vejo tendo lembranças do pmo já consumido, mas devo me controlar e dizer “não”! Hoje pela manhã também vieram pensamentos, mas eles têm se esgueirado e fugido. Desejo que não voltem, mas em momento inoportuno, eu sei q vão aparecer para tentar me derrubar. Mas só tentar mesmo! Por enquanto me sentindo bem, mesmo tendo a ferida ainda aberta. Sinto-me meio sonolento e tonto, chega a ser feio. Bom, é isso por ora.
Deus nos ajude! E bom dia a todos!

3 Likes

Paz irmão. É normal nos primeiros dias se sentir assim, tanto na mente quanto no corpo. O importante é resistir!

2 Likes

Sim, depois a vitalidade e boas novas hão de tomar conta! Que assim seja para nós, independente de quando vier, que venha!!!

2 Likes

Dia 3; Me sinto bem, e longe da bagunça do mundo moderno.
Não recaí! Só estive sem utilizar muito a internet, consegui me manter ocupado, graças a Deus! Sexta tive altas séries de exercícios que me deixaram muito, mas muito cansado, e foi ótimo! Logo quando cheguei em casa, fui ao cursinho e voltando para casa, já fui à cama. Sábado também bem ocupado, cursinho de manhã, à tarde fui ver meus avós, conversei com a família, joguei bem pouco, e me deitei. Vi que não posso transformar a PMO em um ídolo, mas como assim? Meus pensamentos não devem estar voltados para isso, tanto para querer consumir quanto para fugir, a vida tem muitas outras coisas a se pensar, manter-me ocupado com boas coisas é a melhro mudança de atitude que já senti na vida. E não é brincadeira.
(Recomendo a leitura do capítulo todo, mas vou pôr parte para não ficar muito “cheio”)
Matheus 6:34
“Não andeis, pois, ansiosos pelo dia de amanhã, porque o dia de amanhã a si mesmo trará seu cuidado; ao dia bastam os seus próprios males.”
Não dvo ficar contando dias, mas sim fazendo os dias valerem a pena!!!
E mais um, sobre os pensamentos:
Filipenses 4:8
“Finalmente, irmãos, tudo o que for verdadeiro, tudo o que for nobre, tudo o que for correto, tudo o que for puro, tudo o que for amável, tudo o que for de boa fama, se houver algo de excelente ou digno de louvor, pensem nessas coisas.”

3 Likes

Dia 4; vou bem, mas nervoso.
Recaí há 4 dias, e em seguida recebi a notícia de que fui chamado para as próximas etapas de um concurso. Não me senti digno disso, mas agradeci a Deus pela vitória, vou agarrar essa oportunidade e n deixar passar. Amanhã será o teste psicológico e em seguida outros testes. Ao menos ficarei longe de mt coisa. Ficarei mais ausente. Força, irmãos!
Deus abençoe.

1 Like

Dia 8; as tentações voltaram fracas, mas voltaram
Passei a semana, desde segunda fazendo exames para o concurso que fiz. Passei bons dias realizando as etapas, conversei com novas pessoas e fiz novas coisas, foi muito bom. Durante esse tempo, estive ocupado quase que o dia inteiro, e o melhor foi perceber que em momento nenhum a tentação veio!!! É muito bom isso. Hoje me sinto mais energético e voltei mais ativo aos treinos (já que depois da recaída eu fiquei muito desmotivado e sem energia), pois ainda tem um Teste de Aptidão Física a ser realizado, seja o que Deus quiser, e eu irei treinar para alcançar aquilo que for da vontade dEle.
A tentação de hoje veio por causa de um email… Nunca pensei q isso viria a acontecer. Foi de uma loja virtual de jogos que estava fazendo uma promoção, eu fui ver apenas para saber se tinha lgo que valeria a pena, mas lá estava um jogo adulto… Que infelizmente já tinha “ouvido falar”. O impulso veio como um soco na minha cabeça e ficou por um tempo. Que eu fraqueje, mas não falhe.
Boa tarde a todos, e que Deus nos abençoe!

3 Likes

Dia 1; Na verdade é dia 11.
Decidi pensar que todo dia é dia 1. Nos primeiros dias a vontade de parar é maior, e juntando com a disciplina, era impossível recair pouco tempo depois de uma recaída. A dor era recente. Sobre isso, eu realmente preciso me lembrar de como é a dor, pois estou tendo impulsos e a vontade de consumir ainda não foi embora. Infelizmente o email que vi ainda aparece na minha memória e juntamente a isso o desejo. Quase recaí, mas o bloqueador que coloquei no meu celular me ajudou e muito, ele foi tão eficaz que não só bloqueia os sites, mas “retira eles” e tudo relacionado nas pesquisas. Quando percebi o que estava fazendo, me dei conta do horror que iria acontecer. Porém não aconteceu!!!
Minha cabeça parece que vai explodir, sei que é passageiro, mas o difícil é fazer isso realmente se tornar “passageiro”. Se eu fraquejar, a vontade e o desejo permanecerá .:cry:
Deus nos abençoe.

4 Likes

Que bom que você está aguentando, irmão, continue assim.
Sobre o e-mail que não sai da sua cabeça e trás os impulsos com ele, peça a Deus pra tirar isso da sua memória. Eu já estive nessa exata situação, e hoje nem me lembro do que queria esquecer.

1 Like