Diário do Sugrillos

Dia 32

Felizmente esse reboot tem sido o menos difícil pra mim até agora. Eu não tenho mais aquela compulsão que mudava meu humor, como um viciado em abstinência, andando pela casa, lutando pra não recair. Hoje está menos difícil, mas acredite, já houve épocas obscuras. Uma cena que nunca vou esquecer e que contando parece cena de novela: Após uma recaída, eu quebrei um notebook. Eu estava desesperado. Queria compensar de alguma forma prática o fato de ter caído mais uma vez.

3 Likes

Eu já joguei meu travesseiro e celular na parede de tanta raiva…
Avante…

3 Likes

Dia 33

33, o número que aparece em todos os lugares pra mim. Hoje foi dia de terapia e a questão central que venho tratando desde o ano passado é a minha autoestima. Hoje comentei que geralmente quando eu recebo um elogio, eu tenho a tendência de diminuir o que me falam, e infelizmente não é modéstia minha. Se falam que toco muito bem, eu falo que não é tudo isso, que sou um cara intermediário. Se elogiam meu trabalho como Designer, eu não me acho tão preparado assim como profissional etc…, O sentimento é que sempre sou menos daquilo que enxergam em mim. Essa semana a psicóloga pediu pra que eu analisasse esse sentimento de inferioridade. A baixo autoestima distorce nossa realidade.

4 Likes

Dia 34

É a segunda vez que me deparo com um gatilho em um famoso site de noticias. O de hoje era uma reportagem sobre uma atriz pornô, a foto da matéria era ela em uma pose sensual. O meu velho padrão de comportamento seria clicar na matéria, ver o nome dela e procurar vídeos da mesma. Eu cheguei a clicar na matéria, mas percebi a besteira que eu estava fazendo e fechei a janela rapidamente. A forma de eu me manter firme, é sendo intolerante com essas coisas. Se eu pesquisar alguma imagem sensual ou pornográfica, eu já considero uma recaída.

4 Likes

Dia 35

Você costuma se recompensar? Eu sou um cara que sou muito ríspido comigo mesmo. Me cobro demais. Cada erro que cometo é uma luta interna de uma voz me julgando, falando que eu sou o meu erro. Recentemente comecei a ler o livro “Autocompaixão” da Kristin Neff, e no começo ela aborda a forma como muitas vezes somos mais compassivos e generosos com os outros e ao mesmo tempo, duros e intolerantes com a nossa pessoa. É preciso praticar a arte de sermos nosso melhor amigo. Ontem fui buscar minha bicicleta nova, é a coisa mais linda, muito veloz. Faz tempo que eu queria comprar uma bike nova, mas coloquei na minha cabeça que foi uma forma de prêmio por eu ter passado por Janeiro sem ter uma recaída. Completou um dia sem PMO? Comemore! Chegou a 1 semana firme? Compre um lanche que gosta. 1 mês? Por que não se dar um presente? Nem sempre precisa ser algo material, apenas tenha em mente que só você sabe como foi difícil chegar até aqui, e que vc merece ser recompensado por isso.

4 Likes

Dia 36

Eu tenho conseguido direcionar essa energia sexual acumulada em outras coisas, reparei que estou mais focado nas coisas e um pouco mais criativo, porém, algo que ainda não consigo lidar muito bem é a minha carência. Algumas vezes entro na situação de buscar migalhas de atenção, mas isso é muito ruim para a autoestima. Eu queria chegar ao ponto de que mesmo se eu não tivesse nenhuma atenção feminina voltada pra mim, isso não me incomodasse em nada, mas é difícil. A pornografia não mascará mais esse meu sentimento, preciso suprir isso de alguma forma.

3 Likes

Dia 37

Hoje eu quero falar um pouco sobre um assunto delicado que explica muitas coisas na minha vida, inclusive a pornografia. Quando eu tinha uns 6 anos de idade, eu sofri um abuso sexual da minha prima. Um abuso sexual partindo de uma adolescente para com um menino não é tão cruel quanto de um homem com uma menina, mas mesmo assim isso deixa marcas. E quais foram as consequências disso para mim? Isso me deixou muito inseguro em relação as mulheres, ao ponto de que eu já fugi na escola porque uma menina queria ficar comigo. Imaginar isso é até meio engraçado né, mas te garanto que eu me senti o cara mais desprezível do mundo naquele dia. Até hoje sou inseguro, me aproximar, puxar um assunto, me envolver com uma mulher, sempre foi uma corrida de obstáculos pra mim, tive poucos relacionamentos na vida, e todos eles quando terminaram, foi uma experiência bem dolorosa. E onde entra a pornografia nisso? Era a minha fuga, meu “lugar seguro” onde eu descontava todo o meu desejo sexual e minhas frustrações por não conseguir ser bom com as mulheres. Hoje tenho construído minha autoestima e tirar a pornografia da minha vida faz parte disso.

7 Likes

Dia 38

No momento que eu iria começar a escrever nesse diário, vi algo que abalou minha autoestima. Por hoje é só isso mesmo.

2 Likes

Dia 39

Eu não quero parecer um fraco, mas ontem fui pego de surpresa e estava sem condições no momento mesmo de escrever alguma coisa mais descente, apenas queria registrar o dia mesmo. Talvez eu devesse esperar e esfriar a cabeça, mas fui no impulso. O que aconteceu ontem me levou a reflexão de que eu preciso muito trabalhar pra enxergar o meu valor, ao ponto de que nenhum fator externo me faça duvidar disso. Independente do que os outros façam ou falem. Vivemos tempos líquidos onde muitos buscam a validação nos outros, validação de ser atraente, de ser amado, mas é tudo muito raso. Devemos nos solidificar como homens e mulheres seguros de si mesmos e o que nos rodeia, vem para somar e não preencher.

3 Likes

Dia 40

É estranho ter essa noção de dias que já se passaram. Olhando no calendário, interpretamos como “Ainda estamos em Fevereiro” mas já se passaram 40 dias. 40 dias foi o período que Cristo foi tentado no deserto. O número 40 na Bíblia tem um sentido simbólico de provação. Nesses 40 dias, houve momentos que parecia o próprio Satanás sussurrando coisas do tipo: “Será que vale a pena todo esse esforço?” Ou nos momentos que a libido estava bem em alta e eu enxergava meu notebook como um leão que iria me devorar em um sábado a noite qualquer. Particularmente eu não uso bloqueadores, mas sabe o porque? Eu já usei vários, dos gratuitos aos pagos, e eu sempre conseguia burlar. Não funciona pra mim usar cadeados digitais se eu não tiver um profundo desejo de mudança.

PS. Não sou contra bloqueadores, a questão é que eles não funcionam pra mim.

5 Likes

Dia 41

Hoje eu estava pensando em onde foi parar aquela minha compulsão que era a coisa mais difícil nas outras tentativas de reboot. Um sentimento que tomava minha mente e meu corpo, que me quebrava aos poucos até eu ter uma recaída. O desejo ainda existe, mas não é algo incontrolável que domina meus pensamentos, me torturando até eu ceder. Sei que me tornei um homem muito mais maduro do que eu era em 2018. De lá pra cá, três fatos importantes e dolorosos aconteceram, em menos de 1 ano e exatamente nessa sequência: Depressão, o fim do meu namoro de 5 anos e o derradeiro que foi a morte da minha mãe. A dor nos molda. A gente precisa se levantar e seguir em frente. Um pouco mais calejado, talvez mais frio e com certeza mais fortes do que antes.

4 Likes

Dia 42

Eu tenho dificuldade em interpretar quando uma mulher está realmente interessada. Eu tenho uma “regra” cômica que diz o seguinte: “Nenhuma mulher está interessada em você a menos que ela literalmente diga que está interessada e você.” :sweat_smile: Brincadeiras a parte, eu nunca fui bom com essas coisas. Eu já levei na cabeça por achar que alguma mulher estava interessada, quando na verdade ela só estava sendo gentil. Já passei pela merda de ficar na friend zone, é [email protected]… Tenho trocado ideia com uma garota, mas com ela sinto as coisas travadas no geral, e de vez em quando uma ex minha tem mandando mensagem. Eu fico em cima do muro, essas coisas não são simples pra mim como para a maioria das pessoas.

2 Likes

Po cara mulher é foda mesmo de decifrar, principalmente pq ao invés de falar na cara q estão interessadas a maioria prefere passar sinais sutis. É foda saber se qnd ela tá passando a mão no cabelo ela tá só ajeitando ou tá fznd sinal. O pior é qnd ela ri das coisas q tu fala kkkkkkk, tu fica na indecisão se é interesse ou se vc é mt engraçado ou se ela q ri fácil.
Mas po independente disso, só por conseguir estar conversando com os outros sem a dificuldade e vergonha que o vício nos traz já é melhor q nada.

2 Likes

Dia 43

Esse últimos dias a libido está bem alta. Muitos pensamentos tem surgido, mas ainda sob controle. Aprendi que não adianta muito ficar focando em desviar esses pensamentos e substituir por outros, tanto porque o desejo sexual é algo natural. Se você estiver com fome, vai pensar em comida. A diferença é que todo esse impulso sexual uma hora some, basta segurar a onda pra não recair. Por isso eu acho que ferramentas religiosas não funcionam pra mim, é pesado ter a mentalidade de que tudo é pecado.

3 Likes

Dia 44

Domingo tranquilo como sempre. A tradição aqui em casa é almoçar um belo de uma Jaba. Hoje estava lendo o diário do @ElliotAlderson e ele disse que a única coisa que poderia fazer ele cair em PMO seria a depressão. Isso me levou a reflexão de o que poderia me fazer cair novamente, e provavelmente seria a rejeição. Ano passado eu estava conversando com uma moça, estava tudo fluindo muito bem, ela parecia estar interessada, mas quando a chamei para sair ela não aceitou. Essas coisas dão uma abalada na minha autoestima. E nesse caso a pornografia acaba sendo uma fuga. Naturalmente quando você está interessado em alguém, enxerga nessa pessoa um provável parceiro sexual, ainda mais quando a pessoa também demonstra interesse em você. A expectativa gera frustração, preciso aprender a controlar isso.

Existe a tal da responsabilidade afetiva, mas isso é raro de se ver na prática. A maioria máscara seus interesses, sem pensar se isso vai machucar alguém.

5 Likes

Acho que a sua fragilidade é igual a minha, se a rejeição de alguém abala sua autoestima, é porque sua autoestima está baseada no que os outros podem achar de você, logo você está a mercer da aprovação dos outros pra se sentir bem consigo mesmo.

Uns dos grandes motivos que causam depressão é ter um auto conceito ruim sobre si mesmo, logo se uma rejeição pode causar que você tenha um auto conceito ruim sobre si mesmo, é um “estado depressivo” que é sua fragilidade e não uma rejeição necessariamente.

4 Likes

Exatamente isso brother, tanto que no teste de Wartegg que fiz na terapia, apareceu que a minha maior fragilidade é a importância que dou a visão que os outros tem de mim. Por isso que essas coisas vem aparecendo agora, porque eu havia me fechado para relacionamentos, e agora que decidi tentar novamente, essas coisas vem a tona. O que venho trabalhando é nisso, a imagem que tenho de mim mesmo, que na maioria das vezes sou alguém que me vejo inferior em muitas coisas e ao mesmo tempo me cobro muito.

4 Likes

Te entendo bem, é algo que preciso e tento trabalhar em mim mesmo constantemente, não é nada fácil mas acho que aos poucos estou largando essa necessidade de aprovação, pelo menos é o que eu sinto kk

4 Likes

Dia 45

Metade do reboot concluído até aqui! Essa semana começou com algumas movimentações na área sentimental. Eu voltei a conversar com uma mulher que fiquei durante uns 6 meses mais ou menos. A gente terminou de forma meio conturbada na época, mas agora temos conseguido um contato. Com ela eu não quero nenhum relacionamento mais sério, se rolar alguma coisa, só algo casual mesmo. Quem sabe eu saia do Hardmode porque essa libido está me consumindo rs.

3 Likes

Dia 46

Hoje foi um dia triste. Meu tio faleceu pela manhã. Ele teve um AVC no comecinho desse ano e foi piorando aos poucos. Na semana passada ele teve outro AVC e a conclusão dos médicos é que ele estava em estado vegetativo e não iria mais se recuperar. Ele morreu, mas foi melhor assim. Ninguém merece passar o resto da vida em uma cama, consciente e preso no próprio corpo, sem conseguir se comunicar, andar… Hoje quando falaram que ele voltou pra UTI, eu fiz a mesma oração que fiz antes da minha mãe morrer: “Senhor, se for pra viver assim, que o Senhor leve pra que não sofra muito.” Não sei se Deus tem um propósito em todas as coisas, assim como falam, eu acho que certas coisas simplesmente acontecem porque é o ciclo natural das coisas. Quando chegar a minha hora, só peço a Deus que eu também não sofra muito.

5 Likes