Supermilhagem - A jornada de Aladdin (o recomeço do texugo do mel)

Pessoal, estou passando por uma crise hoje.

Espero conseguir.
Boa tarde a todos.

5 Likes

Muito boa a mensagem, realmente eu consegui reprogramar (e bem), na verdade acho que a saída é eu gastar a energia acumulada, não ando praticando exercícios físicos, caso isso não funcionar vou seguir o que você falou. Portanto, agora diminui, não é algo realmente que me incomodei muito sabe

5 Likes

DAY 86 - Não sei mais o que esperar

AAAAAH VOCÊS ACHARAM QUE EU TINHA CAIDO NEH?
Tô bem Loko, mais que o normal, na verdade acho que o meu normal nesse No fap está sendo ficar com a energia a flor da pele, enfim…
.
Faltam 4 dias para o grande início, vou relatar alguns fatos que ocorreram desde que me ausentei:

  • Viajei para o Rio de Janeiro (primeira vez que saio do meu estado)
  • Estudei
  • Andei até outra “cidade” de bike
  • Dei em cima das atendentes de supermercado (culpa do No fap)
    .

Fiz tudo isso e não transei, ou seja, continuo em hard mode, tive mais um wet dream (totalizando 14 desde o início dessa jornada) que por incrível que pareça me deu um grande alívio. Porém de uns 3 dias pra cá eu fiquei muito louco de testosterona, fui comprar uma bolacha e pedi o número da caixa (não consegui :confused:), acho que as mulheres que passam na rua até se assustam com meu olhar (não é de pervertido, mas de alguém firme que já tem mais vontade de praticar um coito do que se masturbar em frente ao PC) e pra quem me acompanha sabe que esse é o grande objetivo, desenvolver a vontade real de sair com mulheres reais! A 3 meses atrás eu tinha muito mais vontade de tocar uma sozinho em casa do que transar… E reverter isso era meu objetivo número 1
.
Porém nem tudo são rosas, até o dia 60 eu sabia quando meu corpo entrava em uma fase mais “assexual” (vontade de nada com nada) ou quando entrava em uma fase mais tensa (vontade de tocar uma insana) só que a partir do dia 75, mais ou menos, as coisas começaram a mudar, eu entro em dias muitos loucos (como essas últimos 3), passo por dias que tenho vontade de sair de casa correndo de tanta energia assim como dias que tenho vontade de sair falando com todo mundo e é por isso que eu coloquei o título desse post, a partir de agora não sei mais o que esperar do no fap, a jornada a partir de agora é tão nova para mim quanto para um inciante que está no 3° dia de caminhada.
.
Como havia falado com meus amigos, nós vamos experimentar fases pelas quais nunca chegamos, pensem comigo, uma breve analogia:
Uma pessoa normal, quando sente vontade de “sexo” vai lá e bate uma…digamos que pra ela tocar uma ela tenha que chegar no “nível 1” de vontade, assim que ela chega ela se masturba. Então funciona assim, fulano tá com vontade, quando essa vontade chega no nível 1, ele se masturba e volta pro 0, chega no 1 se masturba e volta pro 0, chega no 1 e volta pro 0… Ele fica nesse ciclo eternamente! Agora nós que estamos nessa jornada, quando chegamos no nível 1 de vontade e não se masturbamos essa vontade passa para o nível 2, passa mais um dia e ela chega no nível 3, seu corpo pede mais, chega no nível 4, 5…7…10…20…30…50! Tudo isso passando por uma transformação hormonal e mental contínua! Deu pra entender? Nós vamos passar por níveis que nunca antes experimentamos, por sensações e emoções que nunca antes lidamos em que somente uma masturbação é necessária para voltar ao nível 1 ou nível 10, 5 que seja… e eu posso dizer com convicção que cheguei nesse ponto, nunca havia experimentado ter vontade de transar em vez de bater uma, se não fosse todos esses dias talvez eu não tivesse coragem de pedir o número da caixa, ela não deu? Que se foda, olha onde chegamos, olha pra trás todos nós a um tempo atrás, tomados pelo vício e lidando como se fosse algo natural. Olha para dentro de você agora, olha pra todo mundo desse fórum estamos na batalha pequeno gafanhoto, lutando contra tudo que nos faz mal, buscando a alta performance, caiu?? Levanta a porra da cabeça e pede pra bater mais forte, traça a melhor estratégia, pensa em como derruba-la e traça uma melhor, se acorde mais cedo, durma mais cedo e melhor, defina seus objetivos e saia em busca, estude mais, agradeça a seus pais, aborde a caixa do super, da loja de tênis, até do restaurante se tiver vontade, administre melhor seu tempo e dinheiro, corra, faça tudo isso e faça agora, estamos só no aquecimento.


.
.
.
Força Players!

6 Likes

Cara, o @Aladdin virou o Don Juan!:joy::joy::joy::sunglasses::clap::clap::clap: feliz com o seu progresso, meu amigo! Avante!

5 Likes
             Leia 1 leve 2

Hoje será um combo de 2 relatos muito importantes nessa jornada, aprecie com moderação.

           DAY 88 - NO LIMITE.

.
image

Era uma madrugada morna, vou me deitar as 22h30min para acordar no outro dia cedo (por volta das 7 horas). Quando me deito, ja vêm a rotina, começo a pensar em algo, pois assim o sono vem rapido para mim. Uma bolachinha trakinas pra quem acertar qual tipo de pensamentos começaram a vir na minha cabeça :joy:
.
Enfim, durmo, começa um sonho muito estranho, logo se revela, mais um wet dream, para vocês terem noção da itensidade vou relatar brevemente… Sonhei que estava na casa da minha avó trasando com uma mina que eu pegava a 1 ano atras, quando chega no final ela sai de cima, eu transtornado no sonho vou atras dela pra conseguir terminar meu “serviço” a partir dai o sonho da varias reviravoltas e acaba que não consigo achar ela. Agora imagina, você em 88 dias hard mode, sem sexo a mais de 5 meses, passando por um edging mental de mais de 3 horas e se acorda seco sem nem ter gozado… é quase que como eu tivesse me masturbado por mais de 3 horas e decidisse não gozar no fim, cara eu acordei as 4 e 10 da manhã com uma vontade INSANA de tocar uma…
.
Logo pensei, “PQP e agora, o que vou fazer? não vou conseguir dormir com uma ereção que nem pedra”; eu virei pro lado e tentei dormir, e aquela vontade só aumentava, parecia que eu no efeito de alguma droga
- passaram-se 20 minutos -
Nada da ereção baixar, eu tenho certeza que se eu abrisse um video porno não precisaria nem tocar no pênis pra gozar
- passaram-se mais 20 minutos 4:40 da manha -
Eu ja estava muito aflito, nessa hora eu fraquejei, “Acho que infelizmente a unica saida vai ser tocar uma”, só de pensar na possibilidade de abir um video porno já subia uma onda de sangue quente por todo meu corpo.
- 5:00h-
Cara nessa hora eu atingi o meu limite fisico e mental, eu estava a um passo de procurar no google e sair atras de alguma prostituta, foi ai que eu pensei “Quer saber, que se foda, se eu não conseguir dormir, nem que eu passe os proximos 2 dias em claro eu não vou cair nessa porra”; me levantei peguei o celular e comecei a assistir um videos no youtube até umas 5h35min, quando a ereção passou, e consegui dormir de novo e adivinha? MAIS UM WET DREAM. 2 em uma noite. Até o exato momento em que escrevo este texto já somam 18.
.
.
.
Na noite do dia 25 de outubro de 2018 eu ultrapassei meu limite fisico e mental.
.
.
.
image

  DAY 90 - A caminhada começa aqui!

Marcado por mais um wet dream, finalmente posso dizer que completei 3 meses “limpo”, eu gosto da simbologia que tem os “90 dias” mas pra mim não é clima de celebração, caminhada se tornou dura, ta difícil pra cara%#@, mas eu não vou desistir dessa porra, pra mim foi recém o primeiro passo, o primeiro degrau, a primeira porta, o primeiro salto, a primeira batalha…
Já dizia o maior mestre que já passou pela terra “Orai e vigiai”, é hora de aumentar as paredes, melhorar a armadura, afiar a espada, traçar a nova estrategia…Como eu falei no meu primeiro relato

Acredito que 1 ano ainda é pouco pra quem, quase que mensalmente acumulava horas e mais horas de pornografia e gasto de energia através da masturbação, foi criado uma marca profunda no subconsciente, prova disso se ve na tentativa dele de autossabotagem, os últimos 4 dias eu tive sonhos eróticos e acordei molhado, nos últimos 2 dias quando estava sonhando, já não conseguia distinguir se aquilo era a realidade ou mais um sonho, “cai” duas vezes dormindo, no ultimo sonhei que assitia porno e no penúltimo que me masturbava, sonhar que se masturbava é a maior prova de que minha mente quer que eu volte pra essa vida, felizmente sou eu que controlo meu corpo e não há mais volta.
.
como já disse no ultimo relato, nós iremos passar por fases que nunca antes chegamos perto, e eu já entrei nessa parte.
.
escrevo este relato no dia 92, e o que tiro de lição de todo esse tempo é que preciso me preparar mais pois não sei ao certo como o inimigo irá atacar.
.
.
.
Força players!

5 Likes

Uau. Acabou de me salvar de uma queda. A Batalha de fato é sempre dura, independente do streak alcançado, haja vista também o tempo de escravidão que passamos nesse terrível vício.
Obrigado por compartilhar um pouco dessa tua caminhada irmão! Espero conseguir também essa marca que você alcançou!
Força e abraços!

2 Likes

Rapaz, pelo menos você conseguiu se superar, agora todo cuidado é pouco, o coiso vai te minando aos pouquinhos, tem os que vigiar e orar bastante. Boa sorte para ti e força!

2 Likes

@Semeador você não tem ideia do quão feliz eu fico por ler isso, agradeço do sua presença aqui no meu diário, acredito que você tem potencial de sobra pra ir muito mais longe do que eu já cheguei, seja bem vindo!

@dougs a Mercedez mais bonita do fórum hahahahah é totalmente isso que você falou, muito obrigado broh, seja bem vindo também!

Qualquer mínima coisa que eu puder ajudar vocês podem contar comigo!

3 Likes
           week 14 - 15 (part. 1)

.
Como vai ser uma sequencia de relatos envolvendo as semanas 14 e 15, decidi dividir em duas partes
.
O dia 104, dia o qual escrevo esse relato, como muitos outros dias foi um dia normal com direito a wet dream (18 e contando) ereção matinal, tardal (não sei a palavra pra tarde) e noturna, (acho que são umas 10+ no final de semana, devido aos devaneios dos meu pensamentos, mas já estou saindo do foco do assunto)…Entretanto meus queridos telespectadores, desde a sexta feira do dia 3 de novembro eu comi o pão que o diabo (e acho que os seus amiguinhos todos) amassou, meu hermano foi foda, vamos embarcar nessa aventura, em ordem cronológica:

        DAY 96 - Turbulência 

Foi ai que a merda começou a feder, tenho 2 matérias da faculdade que estou fudidamente mal, então conforme meus planos decidi começar a estudar nesse dia (3 de novembro para vocês não ficarem perdidos), tenho 9 provas entre final de novembro e inicio de dezembro mas isso não vem ao caso… A questão é que tava um solzão, eu tava louco de testosterona, tinha que começar a estudar e tinha marcado de encontrar uma mina as 7 horas com o carro do meu pai (a meta era meter kkkk) então imagina meu nível de tensão a uma hora da tarde sentado em uma cadeira lendo sobre a segunda lei da termodinâmica e pensando na serie de fourier…relamente de fo*&#
.
Só tinha um problema ai, a mina que eu marquei era feia bixo, uma parede rebocada era mais bonita que ela, porem ela tinha um baita corpo e é bem de grana (não seria uma má ideia descolar um role na renegade sport ou no corolla do pai dela). Cara eu tava a dias lutando comigo mesmo para conseguir tirar uma energia interna para começar a estudar, por que quando eu foco e engreno no bagulho só vai, mas eu precisava do start inicial, e acho que decidi o pior dia, cara eu lutei hora por hora pra focar no estudo, a todo instante pensando na possivel foda de de noite, mas acabei deixando uma coisa de lado… os meus princípios.
.
Eu rebaixei meu valor demais, porém naquela tarde aquilo pouco importava, enquanto a ansiedade aumentava e me tirava o foco eu ficava mais louco ainda, foi ai que eu pensei, cara se cada coisa tipo uma possivel transa ou ereção me deixar ansioso a ponto de eu não conseguir estudar, eu vou fracassar sempre que alguma situação parecida acontecer, foi ai que dei um logoff na minha mente e conseguir retornar ao estudo, 1 problema resolvido :heavy_check_mark:
.
Agora faltava resolver o problema do encontro, ela me pediu as 4 e meia para eu encontrar ela, alegando que não aguentava mais ficar em casa, porém estudar era muito mais vantajoso do que se encontrar com ela em em uma praça (de qualquer forma eu tinha marcado as 7). desliguei o celular e por volta das 5 e meia dei uma pausa no estudo e religuei, eis que ela tinha mandando uma mensagem dizendo que só conseguiria ir sabado por causa da mãe dela e do pai dela, eu insisti mais um pouco, mas sem chance, foi a partir dai que o tesão baixou e eu voltei a olhar as fotos dela e pensei “cara onde que eu tava me metendo” agradeci ao destino por essa chance e não conversei mais, problema 2 resolvido :heavy_check_mark:
.
As atividades voltaram ao normal a partir dai, porém no domingo acabei tendo outro dia ruim kkkk
.

      DAY 99 - ENDURANCE


.
Esse dia era uma terça feira dia 6 de novembro, tinha uma prova marcada as 13h:30min, acordo por volta das 9 da manhã, rotina normal, chegando na facul a prova foi cancelada devido a uma reunião extracurricular dos professores da engenharia, porém eu tinha uma reunião de projeto as 18h:00min, mas acabei decidindo voltar para casa para aproveitar esse espaço de tempo para estudar (e vocês achando que eu ia ficar vagabundiando neh kkkk).
.
Chego em casa por volta das 14h e começo a estudar. Meu irmão, quando bate umas 3 e meia da tarde começa a me subir uma vontade (chamada “urge”) que começou a aumentar até chegar um ponto extremo, por volta das 17h quando eu levantei da cadeira e comecei a andar pela casa pensando no que eu ir fazer, se eu ficasse mais meia hora em casa eu acho que batia uma sem mentira, foi dai que eu peguei minha bicicleta, soquei um casaco na mochila e sai o mais insanamente rápido que consegui em direção a minha faculdade. Fiz o trajeto casa-faculdade, que são 2km em 6min:58s na marcha pesada, contra o vento, atravessando praças, calçadas e rótulas, andando no meio do trânsito e pegando um sinal vermelho ainda, uma média de 20km/h kkkkkk, quando eu cheguei na faculdade e guardei minha bike ainda tinha muita energia, se eu fosse maratonista acho que corria mais uns 10 km de boa. Pelo menos diminui a energia e a vontade passou.

3 Likes
       week 14 - 15 (part. 2)

.

      DAY 100 - A resposta

Esse particularmente foi um dia muito importante para o levantamento qualitativo dessa grande jornada, como vocês sabem estou praticando o No fap, hard mode (Infelizmente mas também felizmente), ou seja sem PMO, porém decidi fazer um teste, entrar “reebotado” em um site porno e ver qual a reação do meu corpo/mente.
.
“Você ta ficando louco?” vossas senhorias devem estar pensando nesse momento, pois eu lhes digo que assim foram taxados grandes homens como Albert Einstein, Nikolas Tesla e Elon musk por suas grande “loucuras” . Em teoria, no momento que que o viciado decidi tocar uma e vai procurar/assistir uns videos, já ocorre uma descarga de dopamina, e eu sentia isso na flor da pele quando eu me masturbava depois de curtos períodos (7-15 dias) em No fap . então, Prontamente digito “xvideos” no google, antigamente neste momento a euforia já se iniciava, no teste não senti nada (isso que estava com uma vontade de 20%), mas abrindo uma brecha no relato, vontade de que afinal???
.
É através deste teste que eu gostaria de descobrir a resposta, muito eu vejo nos fóruns e relatos a fora o pessoal falando das tais “urges” que em tradução direta são as “vontade” mas vontade de que mais especificadamente? Se masturbar? Transar? Fazer fio-terra?..Abro o site, a internet tava movida á fogão á lenha nesse dia, então carregou metade do site, a outra metade lentamente carregava, então eu fiquei saindo e entrando da aba pra ver se o site carregava por inteiro ao mesmo tempo que colocava o teste em prática, só que turbinado (eu fico muito puto quando a internet não carrega as coias e isso me deixa ansioso e é justamente a ansiedade que mais me fazia cair), levou uns 20 segundos no site para começar a vir a ereção, ponto positivo, antigamente só em digitar o nome do site já vinha a ereção. A regra era clara eu só podia acessar a página inicial, sem clicar em video muito menos tocar em alguma parte do meu corpo, e naqueles 5 minutos de entra e sai da aba eu vi que quando eu entrava o órgão genital até subia, mas imediatamente descia após eu sair dela, e o que isso significa?
.
Ao meu ver meu subconsciente não se envolveu naquele momento como fazia antes, o cérebro simplesmente recebeu o estimulo visual e com um grande delay veio a ereção, que saia no momento que eu saia da aba, ou seja, me parece que não tinha envolvimento, quando eu abri e comecei a baixar a aba do site parecia que eu estava vendo um jornalzinho de supermercado (foi quase a mesma sensação), porém o xvideos era um site que eu tinha que garimpar muito pra achar algo que gostasse quando eu me masturbava, e quase nunca a página inicial tinha algo interessante, mas mesmo sendo desinteressante eu já vinha com uma ereção desde a escrita do site no Google até muitos minutos depois de fechar o site sem ter me tocado, sério, quando eu começava a procurar as categorias que gostava já descia ondas de “sangue quente” pelo corpo e parecia que meu cérebro entrava ficava dopado. Levando em conta o fator de o xvideos ser meio desinteressante para mim quando me masturbava, decidi ir mais além, fui no site que eu achava o mais “top” cada página dele tinha cerca de uns 200 videos em hd.
.
Entrei naquela porra, esse durou uns 10 minutos, por que eu ficava mais tempo fora da aba pela lentidão da internet, com as mesmas regras do xvideos eu fui abaixando, e para minha surpresa, o inicio foi a mesma coisa do xvideos, entrei no site a veio uma ereçãozinha e conforme eu saia da aba aquilo parava. para minha surpresa quando cheguei em 1/3 da aba a ereção baixou e sumiu e só voltou por alguns poucos segundos quando passei por uns 3 videos que seriam os que me chamariam a atenção na epoca em que me masturbava e logo sumiu, eu realmente cheguei no fim da aba com zero vontade de me masturbar/transar e sem euforia/sensação de estar dopado, ou seja, O TESTE FOI UM SUCESSO!
.
Sendo assim, eu tiro como conclusão do meu teste que, pelo menos no ultimo mês, 80% das ereções são provenientes de vontade de transar, trocar energia com outro ser humano e pra quem me acompanha desde o inicio sabe que essa era o objetivo PRINCIPAL. Outrossim 20% da vontade seria a de se masturbar/ assistir pornografia, e com tendencia a esses 20% passarem pra 10% e se deus quiser não mais ultrapassar isso. Talvez eu refaça ele com mais que o dobro de tempo para coletar mais informações
.

.

DAY 104 - 10%, você faz parte disso!


.
Como vocês viram no relato do dia 100, cheguei nos 3 algarismos ou no 3 digit club, a sensação de ver o contador batendo 100 dias é muito boa e espero que vocês todos passem por isso, no mais já estou a 2 horas digitando e minha ultima refeição foi as 8h da noite de ontem, vou deixando vocês por aqui…
…e para o pessoal que me acompanha gostaria de agradece-los, por que se teve uma coisa eu me segurou e MUITO nesses últimos dias foi a companhia de vocês no meu diário, quando no dia 96,99, 101… eu chegava na pia do meu banheiro, me deitava na minha cama e pensava “E agora o que eu faço? me entrego?” imediatamente me vinha “O que o pessoal que bota fé na minha jornada, que tá la investindo seu tempo em ler meus relatos, se inspirando na minha jornada vai ter de REAL exemplo se eu for contra tudo que estou pregando neste fórum?” Por que na realidade já basta de “faça o que eu falo e não faça o que eu faço” se tem uma coisa que eu aprendi com meu pai foi “Não de o exemplo, SEJA a porra do exemplo” e é assim que eu vou ajudar todos vocês que estão aqui comigo, a qualquer hora, a qualquer momento…
.
.
.
Força players!

8 Likes

Eu pensei a mesma coisa, mas fiquei com receio de escrever e ser mal compreendido.
:wink:

2 Likes

Muito inspirador @Aladdin vou ler mais seus relatos daqui pra frente! Força irmão!

3 Likes

Boa noite senhores, veio por meio deste esclarecer as ultimas intemperes sobre minha jornada. Eu poderia fazer um “leia um, leve 10” de tanto tempo que eu não relato nada, porem levariam horas de digitação e muito do que aconteceu nos últimos 40 dias eu com certeza acabei me esquecendo… Sendo assim vou dividir todo esse tempo em 2 relatos e espero englobar tudo que aconteceu de mais importante, vamos lá?

 DAY 128 - Gato por lebre (Part I)

Estamos a 24 dias do último relato, o dia 128 foi com certeza um dia que eu gostaria de queimar nos arquivos do tempo, porém no fundo eu acho que foi importante, vou resumir por que não gosto nem de lembrar dos detalhes…

Como vocês (que me acompanham) sabem, os dias anteriores ao 104 foram de muita dificuldade em relação as “urges” e somado ao fato de estar no fim do semestre da faculdade e o único exercício físico que eu estava praticando ser a caminhada faculdade-casa as coisas andavam meio que no extremo, graças a deus eu tinha a faculdade para interagir com o pessoal de forma descontraída, por que se não, não sei o que seria de mim.

Enfim, vamos ao que interessa, essa vontade de transar/bater uma já estava muuito acumulada e cada vez que eu tentava sair com uma guria e não dava certo isso aumentava, até que chegou uma hora que eu tive de entrar all in, e como todo e qualquer all in (quem joga poker vai entender bem) você nunca sabe o que pode vir naquelas 5 cartas e… bem… minhas cartas não eram as melhores. Tinha uma guria que tava afim de mim (porra feia pra caralho jow) [eu fico puto só de lembrar então, relevem], mas tinha um corpo até que da hora, dai eu taquei o foda-se e marquei com ela, não deu. Marquei de novo, não deu. Mais uma vez, não deu (parece que era o destino dizendo “abre o olho e sai dessa”), mas a esse ponto eu já tinha repensado 1 milhão de vezes se eu saia com ela ou não (na verdade eu já vinha a mais de um mês decidindo) e pelo andar das coisas, essa seria uma chance que demoraria a retornar (por pior que seja a chance kkkk), principalmente por causa da minha atrapalhação em relação a organização do tempo.

Na quarta vez consegui marcar essa desgraça. O point da gratinação? seria um apartamento de um conjunto de apartamentos que pertence a minha mãe (que estava desalugado). Pulando os detalhes dessa longa historia, como o fato de eu ter pego um chaveiro com 5 chaves e nenhuma delas abriu os apartamentos que estavam vazios (sim, eu me esqueci qual era o numero do Ap. e testei a chave em todos que estavam vazios), adivinha qual apartamento a chave abriu? sim, esse mesmo, o que estava alugado, como não tinha ninguém, foi ali mesmo (falei que eu já tinha tacado o foda-se).

A desgraça da guria chegou (na moral eu preferia ter pego o satanás do que aquela mina), pelo menos ela era arrumadinha, mas naquela altura do campeonato acho que isso nem era algo positivo. Subimos, pra resumir e me poupar de lembrar os detalhes, a desgraçada era virgem e não quis transar, eu fiquei 1000% full pistol e pedi “poh pelo menos bate uma”, e foi isso meus amiguinhos.

De toda essa historia o que realmente valeu a pena? eu ter gozado e assim saído do hard mode de forma honesta (graças a Deus) e ter conhecido a moradora do 124, até agora eu tenho vontade de voltar la, bater no apartamento dela pra conversar de novo.

Parte II - Uma análise mais técnica

Vamos para o que interessa na jornada no fap, por que eu acho que aquela ejaculada valeu a pena? Por que realmente me deixou mais aliviado, porém uma coisa muito curiosa é que aquela masturbação parece que equivaleu a 1/3 de uma masturbação de quando eu assistia porno. Juro que não sai nem um pouco satisfeito, a sensação que eu tinha era que, pra ficar no estado de baixa energia ou de “satisfação” de quando eu me masturbava, necessitaria de mais 2 ejaculações… Aquilo parece que nem fez muito efeito, ali no momento, embora eu tenha notado que realmente tenha aliviado a tensão nos dias seguintes, parece meio que uma contradição, não?

Enfim, bloqueei a menina em tudo ( e espero nunca mais ver ela na minha vida) e consegui estudar mais tranquilamente para as provas. E o que podemos tirar de lição de ouro desse relato? Quando as coisas parecerem não fluir, ficarem forçadas, é um sinal que o destino SEMPRE dá de que vai dar merda/ ser ruim, então sempre se atentem a isto!

.
.
.

  DAY 143 - LIBERDADE

liberdade

A liberdade cantou meu cumpadres, acabou o semestre, (acho que) consegui passar em tudo, estou mais relaxado, enfim, só alegria!

Com certeza esse semestre foi de longe o mais difícil de toda engenharia para mim, e cara, a sensação após o exame de Termodinâmica foi de TOTAL liberdade, eu vinha a mais de 2 meses estudando pra essa matéria e as ultimas semanas foram intensas pra k7… porém o último exame foi hoje (calculo 4) que tive de fazer por 4.5 décimos ¬¬ então oficialmente o semestre acabou e assim parece que meia tonelada de peso saíram das minhas costas…

Mas a liberdade é uma coisa muito louca, é algo muito difícil de se lidar, embora eu tenha uma lista com mais de 25 coisas para se fazer até o fim do ano (como atualizar esse diário kkk) eu fiquei meio perdido hoje, sei lá, é como você chegar no fim da estrada e dar de cara com um campo gigante em que se pode trilhar vários caminhos e não mais ter a necessidade da estrada para se guiar. Fico imaginando como vai ser quando eu terminar esse curso…

Deixando os relatos mais pessoais de lado, após o dia 128 (relato anterior) não tive quase vontade de bater uma ou assistir porno, o que me deixa MUITO atento, sabe aquela história da calmaria antes da tempestade?.. Pra falar a verdade hoje me bateu uma especie de “nostalgia” em relação a pornografia, começaram a vir em minha mente trechos de alguns videos que eu curtia assistir acompanhados de uma sensação muito agradável, deu vontade de assistir porno só para matar a vontade. Porém eu acabei usando uma técnica que testei uma vez e parece que deu certo, e relatarei a vocês agora.

Ao invés de tentar esquecer esses pensamentos, eu fui a fundo, tentei lembrar de vários videos que assisti, de forma detalhada, e após alguns minutos a vontade foi passando e eu pensei “cara que bobagem, eu sei que se eu sentar na cadeira e começar a ver pornografia vou me masturbar e sei que no fim, nunca vale a pena e aquela sensação de bosta sempre nos espera no fim de cada masturbação” e a vontade acabou. E no fim vocês sabem que a sensação pós punheta é sempre uma merda então, antes de cair na armadilha de assistir ponografia (que uma hora ou outra SEMPRE, SEMPRE E SEMPRE vai levar o individuo a se masturbar) pensem, tentem sentir essa sensação ruim, isso vai levar você a raciocinar melhor e tomar a decisão certa!

Chegando aos 5 meses em no fap o próximo passo a ser tomado com certeza e aproveitar essa liberdade, afinal, o que é ser livre?
.
.
.
Força players!

6 Likes

fico feliz em ter mais um companheiro nessa jornada, tamo junto!!!

4 Likes

Segue forte @Aladdin você está indo realmente muito longe e motivando muitos! Mas continua assim, não baixe a guarda parceiro

Força! Estaremos aqui no apoio

3 Likes

cara, na primeira história, confesdo que tava rindo até vc pedir para ela praticar m. em ti! Tô ligado que na hora do rala e rola, isso tb é válido, mas somos viciados/ex-viciados em m. por isso precisamis ter uma certa cautela com m. mesmo na hora do sexo, pois só a m. vai estimular as fantasias e em consequência reativar os neurônios da pmo que ficam stand by depois do reboot…claro que nada disso precisa necessariamente acontecer, mas pela nossa condição, não é bom andar pelas ladeiras…Grande abraço, meu amigo @Aladdin

4 Likes
                     DAY 433

Faz tempo que não atualizo o diário, depois desse ultimo relato fui postergando os novos relatos ate que o NO FAP se tornou algo intrínseco na minha vida e as coisas relacionados a ele foram se tornando cada vez mais normais.
É claro que tiveram dias importantes de se relatar aqui, porem não relatei, sintam-se a vontade para fazerem perguntas.
Estou passando por uma fase de muita reflexão, acho que o NO FAP atingiu os pontos mais profundos em todas as áreas da minha vida, não só atingiu como mudou muito, principalmente mudanças mentais, subconsciente etc.
Tenho uma decisão muito importante para fazer daqui a uns dias, por isso mudei o titulo do diário.

Inicia-se aqui uma nova jornada, uma jornada real, de um dos problemas mais profundos que enfrento.

Em busca da cura… (A jornada da Ejaculação Precoce)

4 Likes

Hey man, saudades de você por aqui!!! Muito show mesmo, até por que você sempre foi uma das minhas refencias por aqui!
Eu acredito que você deva tá passando por uma nova fase dessa jornada, e apesar de também ser difícil (creio nisso), só mostra o avanço e a maturidade com que você tá lidando com tudo isso, diferentemente do início da jornada.
Muitas dúvidas me vieram a cabeça com esse teu breve relato, mas vou deixar pra você esclarecer em oit as postagens! Por favor, apareça por aqui e nos conte, man!

1 Like

@Aladdin, vc já passou dos 400 dias? Parabéns! Eu com 217 ainda não consigo imaginar o que é ficar mais de um ano sem me masturbar. Espero chegar lá. Abraço.

2 Likes

Fico muito feliz em ler essa mensagem, já estou preparando um resumo do que aconteceu nesses 9 meses pra postar aqui!