[dNF] Meu Desabafo/Relato

Penso constantemente em toda retrospectiva ralacionada a esse vício e quero botar para fora nesse relato. Me sinto completamente deslocado e sinto vergonha, mas acho válido fazer um tipo de registro como esse.

Histórico
Tenho 28 anos e não sei ao certo quando o vício começou. Lembro perfeitamente do primeiro contato com a erotização e me marcou de uma forma que mesmo 20 anos depois sei exatamente como foi. Na época, através de uma nova revista Playboy da coleção de um primo mais velho. Tenho certeza que aquilo afetou (positivamente e negativamente) para a vida toda.

Porém o vício mesmo só veio através dos filmes em DVD compartilhados por amigos e posteriormente com a internet.

Motivo
Possuo uma baixíssima autoestima. Por causa da aparência sofri muito bullying na infância/adolescência e na época não entendia o impacto que aquilo estava tendo no meu psicológico. Sempre me sai bem e socializo com muita facilidade, mas nunca me vi capaz de ter qualquer tipo de relacionamento homem/mulher.

E esse é o maior ponto de vergonha em compartilhar minha história. Em 28 anos nunca me relacionei de nenhuma forma. O que potencializa muito toda a fantasia e desejos por P e M.

Objetivo
Não sou religioso. Quando possível, tenho objetivo de fazer algum tipo de terapia, mesmo que não tenha coragem de falar isso pessoalmente para um psicólogo. Acredito que de fato vou ficar sozinho, por saber que seria extremamente difícil que qualquer mulher da minha idade entendesse minha história.

Então quero apenas sair da fantasia. Ter um maior controle dos meus desejos e não ficar imaginando coisas (amorosas ou sexuais) a cada garota bonita que vejo. Quero corrigir certos pensamentos que essas situações causa.

Não penso que o NoFap eterno é a solução. Acredito na importância da M para saúde, principalmente uma pessoa que não tem relacionamentos. Mas acredito que minha meta de 100 dias vão me ajudar a alcançar esses e outros objetivos na minha vida.

Desculpa, acho que o texto ficou muito grande para um fórum. Desejo sucesso para todos que estão buscando algum tipo de desenvolvimento!

*Talvez faça um semanário.

8 Likes

@dailynofap, é bom te reencontrar por aqui, meu amigo!

Gostei de conhecer sua história! Estou torcendo muito por você.

Lembrei uma coisa curiosa: um dos motivos para eu começar o no fap também foi o desejo de me tornar capaz de ter relacionamentos.

Você disse que seu objetivo é atingir 100 dias.

No dia 100 do meu último streak, exatamente, foi quando apareceu uma oportunidade de beijar uma garota de quem eu já estava tentando me aproximar há uns meses.

Nesse streak de agora, quando deu o dia 100, eu conheci uma garota legal e ficamos conversando por um tempão… poderia ter virado uma relação, mas estávamos em outra vibe. Foi legal mesmo assim.

Cara, o dia 100 tem alguma mágica… haha! Claro que isso não é uma ciência exata, nem pode virar uma superstição. Mas o que eu gostaria de dizer é: você ainda tem muita história pela frente. E quando você começa a superar os efeitos do PMO, as portas começam a se abrir. A gente só vai ver quando chegar lá.

Lute pelos seus 100 dias. Mas, se puder, vá além. Deixe as pessoas conhecerem o novo dailynofap, deixe elas serem cativadas pelas suas qualidades que estavam obsurecidas pela obstinação em PMO!

6 Likes

Meu bruxo que ótimo relato é sempre bom colocar tudo que sente para fora. quero esclarecer 2 pontos aqui que eu realmente do fundo do meu coração desejo que ajude você!
Primeiramente sobre o no fap, falar é a consequência de tudo, seja depressão, ansiedade, frustrações etc. Entenda seu príncipio e trate-o, seja sozinho, com ajuda especializada ou qualquer outra forma, Reflita o mais internamente possível, junte as peças do quebra cabeça e tente achar os padrões e interligar os pontos de tudo que você se lembra da sua vida é assim tente achar o principio e a causa de seus problemas, conhecendo-os são mais fáceis de supera-los!
Segundo mas não menos importante, 28 anos achando que não vai consegui relacionamento?? Irmão você não tem ideia o quão novo você é!!! A história começa em diferentes idades para todo mundo, basta você decidir se esse começo vai ser o começo de uma história incrivelmente foda ou uma história comum! E eu acredito que a primeira opção pertence a você, quantos caras já tive a chance de ajudar que perderam o BV aos 30 e hoje em dia são grandes sedutores??
Para complementar quero que você me ajude em algo de volta, posso confiar em você irmão? Pois então quero que você vá agora pesquisar sobre esses dois incríveis mentores que eu tenho quero que você tente aprender um pouco com eles tenho certeza que se você fizer isso nunca mais vai esquecer deste texto que lê
O primeiro dele se chama Gustavo Munhoz o “Gambit” tem o canal no YouTube que se chama Social Games 7 esse cara é espetacular dá uma olhada no conteúdo dele que vai completar o conteúdo do último mentor que vou falar agora
Esse último se chama João Abrantes também conhecido por muito tempo como “chamaleon” ele tem uma história muito parecida com a sua que vou contar no próximo comentário…

3 Likes

Pois então, João Abrantes começou a realmente viver a partir dos 29 anos, até então só tinha conhecido duas mulheres na sua vida inteira, sofria bullying era gordinho é muito zuado, essas duas mulheres lhe rendeu 2 casamentos totalmente desastrosos que sofria diariamente humilhação, se não bastasse tinha pais separados e morava com a mãe que jogou pra ele sua empresa quase falindo e logo depois expulsou o mesmo de casa, mas não pense que ele saiu de cabeça baixa, hoje em dia se tornou referência na América latina em desenvolvimento pessoal com mais de 30 formações e especializações, a sua última(quase concluída) como psiquiatra. Enfim ele deu a volta por cima, tem uma trilogia muito foda que se chama “saga chamaleon” e possui um canal no YouTube “João Abrantes” pesquisa lá o vídeo “nos bastidores da jornada” sua missão dessa semana é assistir este vídeo, estou confiando em você!! Abraços
PS: quero que fale depois aqui nesse post o que achou do vídeo, me marca hahaha

3 Likes

Valeu cara. Tenho certeza que sua postura mais ativa por aqui ajuda a motivar muita gente e só de ler já me ajudou.

Quem sabe esses 100 não se tornem mais. :slight_smile:

Tmj.

2 Likes

Muito obrigado pelas palavras. Agora vejo o quanto uma comunidade unida poder se ajudar.

Confesso que tenho o pé atrás com alguns desses “gurus” e da postura de muitos diante deles, inclusive é uma das conversas que tenho vontade de ter.

Maaas… Vou dar essa chance sim. Certamente mal não vai fazer e nesse momento essas doses de motivação ajudam bastante.

3 Likes

Valeu, força para nós.

1 Like