Diário do Sugrillos

Dia 2 - (02/08/2022) - Terça-Feira

Um dia difícil. Minha chefe saiu de férias e eu assumi algumas responsabilidades dela e fora isso, o pneu da bike furou, tive que trocar câmara, mas infelizmente não deu certo, no meio do caminho muchou novamente e tive que trocar de novo, a noite, na rua kk, mas no final deu tudo certo, consegui chegar em casa e descansar.

2 Likes

Tamo junto brother. :love_you_gesture:

1 Like

Dia 3 - (03/08/2022) - Quarta Feira

É muito bom enxergar o quanto evolui nos últimos tempos, principalmente em relação as minhas inseguranças. Tive esse feedback positivo na minha terapia de hoje, o que só confirmou o que eu estava pensando. Ainda há muito o que construir, mas a minha segurança já é um muro que aguenta muitas porradas que a vida nos dá.

2 Likes

Dia 4 - (04/08/2022) - Quinta-Feira

Estou lendo o Senhor dos Anéis - A sociedade do Anel, e me identifiquei em uma parte quando Gandalf está contando para Frodo sobre Gollum e o anel. Ele diz que Gollum odeia o anel, apesar de ser obcecado por ele, e por isso não consegue abandona-lo. A nossa relação com a pornografia é bem parecida, nós odiamos ela, tanto que queremos sair dessa vida, mas ao mesmo tempo temos uma obceção por ela, que é o vicio.

Gandalf continua com seu relato e diz que depois que Gollum perdeu o anel para Bilbo, ele saiu da caverna onde passou a maior parte de sua vida. Começou a se arriscar no mundo afora, e saía de dia e de noite apesar de ter medo da luz do sol e da lua. Quando abandonamos a pornografia, começamos viver a vida, saímos da caverna e encaramos a realidade, por mais difícil que ela seja no começo.

4 Likes

Excelente aplicação, cara.

É um grande contrassenso esse comportamento, há tanto desejo como nojo envolvidos e nenhum deles nos satisfaz, seja pra abraçar abertamente, seja pra se comprometer com o abandono. Permanecer olhando só para ele é ser escravo tanto na prática, como na abstenção.

Justamente, tenho tomado pra mim que o caminho é perceber todo o resto, a beleza que há em cada aspecto do ser e que não conseguimos enxergar quando só temos olhos para uma parte dele, sobretudo uma parte (sexualidade) tão corrompida por essas ações.

Quando enxergarmos o resto, vamos perceber melhor o que presta ou não em cada uma destas partes, tomando decisões mais orientadas sobre como cada uma nos machuca e abandonamos ou beneficia e adotamos, assim como ao próximo (e a Deus).

É difícil olhar pro resto e perceber que ao mirar tanto tempo pra mesma coisa, tudo ficou tão atrasado, tão negligenciado, a ponto de se ver construindo do zero comportamentos, pensamentos e sentimentos que pessoas à volta manifestam com naturalidade a nível de inerência a quem são. Enfim, é difícil, mas é preciso, então, façamos!

Sobre os livros, li uma vez há uns 4 anos, e, com exceção do primeiro capítulo do primeiro livro, foi bastante prazeroso. Embora tenha muita dificuldade pra preservar a memória, mesmo pouco tempo após ler, a forma como Tolkien escreve, especialmente as descrições dos ambientes, faziam com que me sentisse como quem presenciava os fatos, ao invés de sobre eles informado.

Boa leitura! Abraço!

2 Likes

Boa noite guerreiros!

Quero compartilhar algo com vcs. Eu estava com vergonha de tocar nesse assunto, mas agora estou confortável pra falar sobre isso. Pra mim é um desabafo e talvez possa ajudar alguém.

Eu estava com 67 dias e tive um reset, não dei detalhes na época, mas resumindo, o que mais influenciou nesse reset foi porque eu broxei na primeira vez com a garota que eu estava saindo. Eu fiquei muito mal, muito mal mesmo, tanto que no dia seguinte eu sai da cama as 17 hrs, apesar de ter dormindo quase nada. Apesar de ser algo comum, o homem sempre vai se sentir mal, e como sinto as coisas um pouco mais intensas, eu estava me sentindo um fracasso, um lixo. Não foi por esse motivo que terminei com a garota. Eu estava conhecendo ela, mas desde o começo aconteceram muitas coisas que me desanimaram, comportamentos e falas dela que me deixavam inseguro, inclusive me disse coisas naquele dia que pra mim foi a gota d’água. E eu não enxergava ela apenas como algo casual, e esse também não era o objetivo dela.

A questão principal que quero trazer aqui é que eu coloquei expectativas a mais no reboot. Eu acreditava que abandonar a pornografia iria me tornar em um “garoto transante” “inbroxavel” e muito bom de cama. Mas não é assim que funciona, pro sexo rolar bem existem vários fatores, como por exemplo não estar ansioso, ter química com a pessoa, se sentir seguro etc. Se abster da pornografia é o mínimo. Lógico que abandonar o vício influencia no sexo, porque nos acostumamos com estímulos muito altos a todo momento, vídeos atrás de vídeos e isso tira nossa sensibilidade com as coisas simples, ao toque, ao beijo, e quando nosso cérebro se recupera, nos estimulamos com coisas reais. Mas no meu caso, eu acreditava em um “super poder” que o No Fap me traria, sendo que nem os 90 dias eu tinha concluído ainda. Então me frustrei com as expectativas que criei e tive um reset atrás do outro pra me “recompensar” por ter falhado.

O maior objetivo do reboot é nos tirar do vício, nos dar poder de escolha sobre nossos impulsos. Os benefícios são consequências, mas não podem ser o objetivo principal.

3 Likes

É exatamente isso. Muitos tem ideias fantasiosas de que o Nofap vai resolver todos os problemas, mas a vida é muito mais complexa e cheia de nuances .

O reboot tem me ajudado muito em muitas coisas (produtividade, não tenho mais aquele impulso em ver pornografia, autoestima etc), porém isso não é a resposta para tudo.

Espero que você continue firme e consiga resolver o problema do vício, mesmo que ele seja apenas uma fração dos programas. Numa parede cada tijolo é importante para que ela fique segura.

2 Likes

Mano completa o Reboot primeiro mano depois transa entendeu , depois do Reboot vc tem suplementar (meca peruana , tribullos terrestris entre outros) é uma boa alimentação pra aumentar a testosterona , uma boa rotina de treinos físicos , só assim vc vai se recuperar desse negócio de ser “broxa” , se tornará outro homem não só no sexo como em todas as áreas.

1 Like

Sim brother, também me sinto assim, mais produtivo, e também mais confiante. Obrigado pela força brother. Parece que depois desse desabafo eu me sinto mais leve pra recomeçar.

1 Like

É mano, pelo menos nesses 90 dias eu vou ficar de boas mesmo. Das duas vezes que caí com 66 e 67 dias, teve mulher envolvida. Lógico que a responsabilidade é minha, mas essas situações influenciaram muito. Valeu pelas dicas brother, Tamo junto :love_you_gesture:

1 Like

Dia 1

Eu preciso de um recomeço, tanto no reboot como em outras coisas. Comecei o ano com algumas metas, mas infelizmente deixei pra trás. Entre elas, a única que sigo firme é a leitura da Bíblia, que inclusive estou bem adiantado e vou acabar antes do final do ano. Preciso ser mais ponderado nos meus gastos, a ideia é juntar uma grana pra trocar de carro, mas os preços atuais com essa crise me desanimaram um pouco. Preciso também voltar firme com a dieta, me exercitar mais pra chegar no fim do ano na casa dos 60 e poucos quilos.

2 Likes

Fico feliz que tenha conseguido se abrir, isso é algo que me identifico bastante, pois na minha última streak tive algo semelhante mas foi com a minha ansiedade, como sempre falo aqui, tenho ansiedade social, e por estar com uma streak alta eu pensei que eu iria deixar de me sentir inseguro e que a minha ansiedade simplesmente iria desaparecer, fui tolo e acabei me cobrando, pensava, " deve ter algo de errado comigo, mesmo após essa streak eu continuo ansioso", enfim, deu no que deu, então desejo ânimo para o seu reinício!

3 Likes

A pornografia é um dos problemas que precisamos resolver. Sem ela, os outros problemas podem ficar mais fáceis, mas ainda assim há muito trabalho pela frente. Tamo junto brother :love_you_gesture:

4 Likes

Dia 2

Estou novamente entrando naquela fase de não ter contatos superficiais com mulheres, de não prolongar assunto só pra ter alguém pra conversar. Sempre quando entro nesse processo, no começo me sinto meio solitário, mas depois de um tempo me acostumo e reconheço o quanto isso é bom pra mim. O que não posso é querer permanecer sempre assim futuramente, como se estivesse fugindo de relacionamentos por causa do último que tive que foi ruim.

2 Likes

Pedindo licença ao Sugrillos, também sofro de ansiedade social, cara, e, sem dúvida, o recurso à pornografia é uma grande consequência dela, das frustrações experimentadas em decorrência, a baixa autoestima e etc. Ao mesmo tempo, creio que ela é também uma grande causa do agravamento da ansiedade e de todas essas circunstâncias.
Então, me parece que nos livrando da pornografia, estaremos nos livrando simplesmente de um agravante da ansiedade, não da causa primeira, para a qual poderemos passar a olhar, então, de forma mais detida, racionalizando os nossos pensamentos e as projeções pessoais indevidamente construídas sob esse implacável julgamento que fazemos de nós mesmos e que projetamos indevidamente na cabeça dos outros (“não sei quem tá pensando isso e aquilo”), tendo a oportunidade de pelo menos diminuir seus efeitos, se não controlá-la mesmo.
Dizem que não há propriamente uma cura para isso, que é algo com o qual deveríamos aprender a viver, minorando os efeitos ao tratar das causas, até que quase não se percebam as limitações, já sob controle.
Se é assim, ela mesma se assemelha ao vício, então, uma luta a ser travada diariamente, talvez até o fim de nossos dias. Porém, isso faz de nós nada menos do que pessoas normais, já que tais lutas todos têm, alguns em maior ou menor grau, de forma tal ou qual, mas todos têm.
Se já não faz, recomendo veementemente (como alguém que já teve muito preconceito a respeito e precisou engolir o orgulho) que procure ajuda psicológica, preferencialmente algum(a) especialista em terapia cognitiva comportamental.
Abraço, senhores!

3 Likes

Dia 3

Dia foi tranquilo, porém estou a mais de 24 hrs sem energia em casa. Teve uma ventania muito forte e prejudicou o poste aqui da rua, e não mandaram ninguém ainda para arrumar. Como bom leitor que sou, o que me restou foi mergulhar no livro de O Senhor dos Anéis - A sociedade do Anel e dormir mais cedo kk.

2 Likes

Dia 4

Cheguei ao final de semana sem desejo de pornografia. Isso é um ótimo sinal, parece que as coisas estão voltando ao lugar.

1 Like

Dia 5

Sabadão bem tranquilo. Passei a tarde jogando um clássico do Super Nintendo: Zelda - A link to the past. Esses jogos antigos me trazem uma sensação nostálgica muito boa. Memórias de infância, quando minha mãe ficava me assistindo jogar. Uma época praticamente perfeita onde a única preocupação era qual próximo jogo eu iria zerar haha.

1 Like

Dia 6

Levei meu pai no Shopping pra dar uma volta, comprei um tênis pra ele almoçamos comida japonesa. A noite meu amigo e a esposa dele vieram aqui.

As vezes fico triste com essa questão de ainda não ter dado certo com alguma mulher. Hoje a esposa do meu amigo me perguntou: “E as meninas?” Fiquei sem graça, sem saber o que falar, visto que não contei a eles sobre esse caso recente com a moça que tinha conhecido no insta e não deu certo. Ainda estou lidando com frustração de sempre que tento algum relacionamento, não dá certo. Eu queria dar um tiro certeiro ao invés de ficar me machucando com essas tentativas frustradas.

2 Likes