Diário do Sadraw (28 M)

Vou colocar aqui alguns pensamentos que acho que serão úteis para mim e compartilhar o que vem me ajudando (ou atrapalhando) nessa caminhada.

6 Likes

Dia 7
Massa, como dizem em inglês, “one week is in the bag”! Finalmente, passei de 6 dias, e olha que desde o ano passado não me lembro de ter conseguido fazer isso. E é maravilhoso. Claro que não pretendo ficar aqui, tenho que completar 10 dias e depois entrar em uma competição maior e ir além.

O que vem me ajudando é, por incrível que pareça, tentar ajudar os outros. Quando penso em escrever aqui no fórum algumas palavras de encorajamento para quem está passando por momentos difíceis, isso me ajuda também a me concentrar e não baixar a guarda.

Claro, houve momentos difíceis ontem e anteontem, eu estava meio para baixo, me sentindo triste mesmo, como se estivesse fazendo tudo errado mesmo sem ter recaído, e teve um momento ontem em que veio aquela terrível vontade de recair, o engraçado é que eu tinha acabado de falar para alguém aqui no fórum para dar uma caminhada quando isso acontecesse e eu mesmo não segui meu próprio conselho, o máximo que consegui foi ficar encolhido na cama quieto, sem fazer nada durante uns 10 minutos. Pelo menos deu certo, mas foi por muito pouco.
Às vezes penso que o que eu escrevo para ajudar os outros é mais para me ajudar. Talvez até seja.

Bom, pelo menos a tristeza maior já passou, como a minha mãe diz, é “a química passando no cérebro”. Hoje estou muito melhor, feliz por ter resistido, e tenho a certeza de que mesmo que amanhã não seja um dia melhor que hoje, não será melhor se eu recair. Vamos vivendo!

7 Likes

Senti muita tristeza hj tbm.
Há alguns meses atrás eu desativei esse app. Ainda não tinha essa opção de fórum. Reinstalei o app hj pois estava tendo recaídas constantemente.

Espero que eu ajudando as pessoas eu possa me ajudar tbm.

Fé em Deus que vamos conquistar os nossos objetivos.

Já to te seguindo,
Me siga tbm,

Código: 48704e

2 Likes

@795224890578427907125 Obrigado pelas dicas e pelo incentivo amigo! Estou tentando aos poucos colocar algumas atividades físicas pois sou muito parado. Baixei um app chamado Treino em Casa e estou fazendo uma das séries dia sim dia não.

@Banks É isso aí! Tem sido uma grande ajuda para mim esse fórum aparecer no app, conversar com o pessoal aqui, dando e recebendo dicas é muito bom! Já te adicionei também!

1 Like

Dia 0
E de volta a estaca zero… O problema atualmente é que estou me enganando, ou melhor, deixando me enganar. Eu já conheço os meus triggers, mas é estranho que sinto como se fosse natural que eu aja de acordo com eles, como se fosse algo esperado. Como uma rotina, uma mania
Preciso encontrar uma maneira melhor de quebrar essa mania. Eu chego até a conversar comigo mesmo enquanto continuo com a mania, até congelo por alguns instantes querendo parar, mas depois volto a continuar.
Sinto que preciso me forçar mais a mudar, mas depois acabo pensando no estresse que vai dar e que a vontade provavelmente vai aumentar, e então continuo. É claro que isso só vai aumentar a vontade, duh. E no fim me sinto um idiota por ter continuado, mesmo não indo até o fim, porque acabei deixando a vontade maior.
E ontem e hoje chegou ao ponto em que edgeei duas vezes. Me senti traído por mim mesmo desde ontem, e hoje finalmente decidi resetar o counter.
Mas, não quero ficar pensando no que aconteceu. Quero é pensar em como me preparar melhor para os triggers e desarmá-los mais rapidamente.

2 Likes

O mais importante nesse momento é levantar a cabeça e voltar a luta contra a PMO.
Ontem senti um vazio depois que eu pratiquei essa merda de vício e tive que ser forte pra levantar a cabeça e mergulhar mais uma vez nesse árduo desafio de ficar sem PMO.

Força cara. Aliás, hj eu fiz um post falando sobre força e felicidade.

Não tem jeito: é realmente ser forte e criar maneiras e mais maneiras de ser resistente a essa praga.

Um abraço do Banks.

2 Likes

Dia 1
Mais um dia um. Sem problemas, eu não imginava que iria do nada fazer um streak de 100000 dias mesmo, mas 8 dias já foi muito bom para mim. Claro que quero fazer um maior agora, então vou ter que me preparar.

Acho minha mente engraçada, é incrível como ela é eficiente em agir rápido de acordo com um vício ruim, e ao mesmo tempo, preguiçosa em fazer coisas úteis.

Ontem fiquei o dia todo pensando em porque não tinha coragem em fazer algumas coisas da minha lista.
Só parado pensando.

AJA INFELIZ! Agora se for para alimentar um trigger, ah, é um-dois né?! Não vai alimentar b**ta de trigger não! …e foi assim praticamente a tarde toda.

Mas tarde, veio a hora de um trigger complicado para mim, a hora de ir no banheiro. Eu sabia o que tinha de fazer: tomar banho. Eu sabia que não podia demorar, ser rápido. Mas lá estava o meu eu viciado me falando para enrolar. Quase me enganou, o danado. Depois do banho, veio uma baita urge no quarto.

Foi então que fiz algo que me fez rir depois: enganei a mim mesmo! Eu disse para mim mesmo: vamos só completar uma streak de 10 dias e aí eu te deixo fazer o que você quiser. E não é que a urge passou? (pelo menos naquele instante, não sei se recomendo isso para alguém)

Mas eu consegui pelo menos por um pouco, enganar o meu eu viciado! Ele sempre quer me enganar, então vou enganar ele também! Vou enganar ele de todo o jeito que eu puder.

Quando eu completar os 10 dias, eu vou enganar o safado de novo! Mwahahahaha!


Obrigado pessoal, pelo incentivo que tem me dado! Cada palavra, cada like que damos e recebemos ajuda a sermos mais fortes!

2 Likes

Dia 0

Eu sei o que eu fiz. Eu não deveria ter visto alguns artigos inúteis, não deveria ter feito uns traços inúteis, não deveria ter usado como desculpa um pouco de estresse inútil, mas eu fiz tudo isso.

E para quê?
Para nada além de arrependimento.

Para constar mais uma vez: não vale, nunca valeu e nunca vai valer a pena recair. Bota isso na cabeça. De novo: NUNCA vale, NUNCA valeu e NUNCA VALERÁ NADA UMA MALDITA RECAÍDA!

6 Likes

Dia 0 (de novo)

Triste como parece que a gente só vai pensar nas consequências depois da cagada ser feita.
E novamente perguntei a mim mesmo: Quando você vai aprender? Só quando toda a sua vida estiver destruída? Só quando não tiver mais jeito?

…eu sei que não adianta só ficar remoendo. O certo é aprender com a queda, se erguer e tomar cuidado para não cair.
Só que parece que não estou aprendendo nada, ou se estou, não estou aplicando do jeito certo.
Vou tentar pensar mais no que eu quero para a minha vida e escrever alguns objetivos em um papel.
Tenho de trabalhar mais nos meus objetivos para poder esquecer essa PMO.

3 Likes

Dia 1
Eu estou me sentindo melhor. Minha tia veio visitar com mais alguns parentes e isso me ajudou a tirar esse estresse de PMO da minha cabeça.
Eu percebo que para eu vencer esse vício tenho de viver mais. Não adianta só ficar pensando em como evitar triggers e etc… Eu tenho é que fazer algo significativo com minha vida e então um dia nem vou lembrar dessa coisa.
Então aqui estão algumas coisas que já comecei e vou começar a fazer:

  • Aprender japonês (minha tia me sugeriu o Duolingo e já fiquei viciado nele)
  • Fazer trabalho voluntário (já faço um pouco mas vou aumentar o ritmo)
  • Ajudar mais nas tarefas de casa (lavo alguns pratos mas dá para fazer mais, tentar fazer pelo menos uma tarefa por dia)
  • Só ficar no quarto para dormir e NADA MAIS
  • Fazer exercícios 3 vezes por semana (nem que seja 10 minutos)

E quero fazer muito mais até não ter mais tempo para nada, graças a Deus!
Claro que não vou conseguir fazer tudo de uma vez, mas aos poucos estou colocando algumas coisas na rotina.

Uma série de artigos me inspirou muito:

É isso por enquanto! Força pessoal! Nós vamos conseguir vencer! :smiley::+1:

6 Likes

@795224890578427907125 Sim, sou Testemunha de Jeová.
E para mim, me livrar da PMO não é só uma obrigação religiosa, mas também uma maneira de viver bem, e eu valorizo muito os conselhos do Criador que mostra o seu grande amor por cada um de seus filhos.

Obrigado pelo incentivo e estamos juntos nessa! :blush:

2 Likes

Dia 3

E aqui estamos, dia 3.
Por pouco não consegui completar, um trigger quase me enganou a fazer o que eu não queria agora há pouco, mas felizmente decidi dar uma olhada no fórum.
Ainda bem que fiz isso antes de a vontade me dominar, senão o texto que estou escrevendo seria bem diferente. E olha só, já passou! :grinning:

Uma coisa que estou tentando sempre ter em mente é: a vontade vem, mas passa. Ela VAI passar. E não demora muito, principalmente se você logo arranjar algo para fazer. Sem ideias? Leia o fórum, duh.

Hoje o dia foi tranquilo, consegui fazer todas as tarefas que tinha programado. Não fiquei sozinho, isolado no meu quarto. Quero fazer disso um hábito também.

Só tenho que tomar mais cuidado quando vou ao banheiro (foi esse o caso do trigger). É só tem um jeito: me preparar mentalmente antes e não ceder. E ir RÁPIDO.

Mesmo não recaindo, só o fato de eu ter parcialmente cedido ao trigger me deixou meio triste, mas sei que não é bom ficar pensando nisso, pois pensamentos negativos acabam mais fortalecendo do que enfraquecendo os triggers, pelo menos no meu caso. Vou só me esforçar para fazer melhor na próxima.

E vamos dormir que amanhã é dia!

2 Likes

Dia 0

Vou só me esforçar para fazer melhor na próxima.

Que piada.

O problema foi o trigger que eu deixei pegar uma pontinha de mim ontem. Ele não me deixou em paz até eu recair. Me sinto um palhaço, um idiota por não ter resistido quando era mais fácil, quando eu ainda podia controlar, por ter cedido naquele instante que eu podia ser mais forte. Mas eu deixei.

Mas não vou desistir, mesmo morrendo de vergonha de ter caído depois de dizer tantas coisas para incentivar outros enquanto eu mesmo não estou fazendo do jeito certo.

Só espero um dia me livrar dessa coisa ruim em mim, de tudo isso não passar de um sonho ruim que já passou.

Nota para mim mesmo: não seja idiota, você sabe o que evitar e porque, não se engane!!!

3 Likes

Dia 2

Me sinto melhor. Depois de ler um livro falando sobre como o vício da PMO funciona no cérebro percebi algumas coisas que eu até sabia, mas foram ainda mais reforçadas:

  • O vício em PMO vai te deixar sem motivação para nada mesmo, você vai até nem ter vontade de mudar, mas isso não é o que você quer, é o seu cérebro que está acostumado à gratificação fácil da PMO.

  • Você nunca vai ficar realmente satisfeito com o mundo ou com você mesmo se continuar com PMO. Pelo contrário, ela vai deixar você cada vez mais insatisfeito.

  • Você não precisa da PMO para ser feliz, você precisa é se livrar da PMO para ser feliz.

E duas que eu achei muito importante para nós que estamos tentando o reboot:

  • Você não é uma pessoa pervertida ou má só porque é viciado em PMO. Muitos (inclusive eu mesmo) ficavam se condenando todo o tempo por “gostarem” de PMO, mas quem realmente gosta dela não está lutando ou procurando saber como parar com ela. A verdade é: Se você está procurando parar, você não gosta de PMO e não é uma pessoa ruim, é só o seu cérebro que está viciado nisso.

  • É muito importante se levantar rápido e não ficar pensando muito na recaída. A culpa só é boa no início, para nos convencer de que precisamos parar com a PMO. Depois disso, deixe a culpa de lado e siga em frente! Ficar só pensando no que deu errado não vai ajudar, mas sim vai te desanimar e fazer você cair de novo, então pense no que deu certo e siga em frente com a sua vida!

Viver não é só não fazer PMO. É viver!
Ter uma rotina normal, fazer coisas que vão te cansar, que vão deixar você relaxado, que vão te estressar, que vão te acalmar, que vão deixar você triste, que vão deixar você alegre, que vão deixar as outras pessoas tristes ou alegres (de preferência alegres :grin:), que vão te deixar entediado, que vão te deixar excitado, o que leva ao último ponto:

  • Viver sem PMO é voltar a sentir que você está vivendo a sua vida e não só ser controlado por alguma química desregulada no seu cérebro.

Abaixo o link do livro que recomendo muito a leitura:

Agradeço a todos nessa comunidade maravilhosa pela força! E vamos em frente!

4 Likes

Sim, já li esse, foram publicados dois livros dessa série e são muito bons. No site oficial das Testemunhas de Jeová sempre saem novos artigos e vídeos para os jovens.

1 Like

Dia 4

Finalmente, passei de novo dos três primeiros dias. Não sem a danada da PMO me encher a paciência claro.

Tenho conseguido evitar o trigger do banheiro. Mas tenho que tomar cuidado com o quarto também. Houve duas urges razoáveis ontem, mas consegui suportar, pelo menos por enquanto.

Não quero baixar a guarda, mas também não quero ficar bitolado só pensando em evitar a PMO pois isso também não é bom.

Uma coisa que vem me incomodando é aquela sensação de querer só se divertir, de querer brincar com o próprio corpo, sabe? ISSO É UMA TREMENDA BURRICE! NÃO DEIXE ISSO FICAR NA SUA CABEÇA! PENSE EM OUTRA COISA! FAÇA OUTRA COISA! NÃO SE ENGANE!!!

É muito importante rejeitar esse tipo de pensamento idiota antes de criar raízes. É o que estou tentando fazer nesses dias, e como sempre, estar aqui lendo e postando no fórum, ajuda e muito. Quando eu estou sem ideia do que fazer, ou não estou com coragem de fazer, eu abro esse fórum.

Mas sei que não posso só ficar aqui vendo o fórum, tenho que viver também, não posso ficar fugindo do que eu planejei ou do que tenho de fazer.

Vou tentar ter mais disciplina nas minhas tarefas nos próximos dias. E vamos indo em frente!

3 Likes

Dia 5

Hoje está sendo normal, talvez até normal demais. Ou isso seja coisa da minha cabeça. Só sei que hoje não estou com vontade de fazer nada útil mais do que nos outros dias.

Sei lá, é como se você não estivesse com vontade de fazer nada por não estar fazendo nada, se isso faz sentido.

Fiz algumas tarefas hoje, mas outras que podia ter feito não fiz, tinha tempo e todos os motivos para fazer, mas não deu vontade.

Urges significativas ainda não apareceram. Estou dormindo muito pouco, vou ver se durmo mais cedo hoje. Quem sabe fazendo isso, amanhã fico mais disposto.

2 Likes

Dia 7

Ok, uma semana de novo.
Mas estou me sentindo muito melhor do que da última vez.

Dessa vez, praticamente não iniciei nenhum trigger que considero médio. Houve pensamentos de querer jogar tudo para o ar, por assim dizer, e só me divertir, relaxar.
Foi nessas horas em que eu percebi que tinha a escolha na minha mão, ir em frente com meu desejo ou não.
E não me arrependo nem um pouco de ter dito não! :grinning:

Nem todos esses dias estão sendo um mar de rosas.
Mas hoje me senti bem mais feliz do que nos dias anteriores, e percebi o motivo: eu fui mais útil hoje.

Hoje, arrumei o meu quarto, fiz o feijão (tarefa de hoje que minha mãe me deu) e lavei os pratos do almoço na parte da manhã. Só de fazer isso eu já estava feliz da vida!

Depois fiz 10 minutos de exercício, e serviço voluntário na parte da tarde. E agora, estou um pouco cansado, mas bem mais para cima do que antes.

Acredito que com esse vício da PMO (e em tecnologia em geral) eu acabei ficando mais preguiçoso e por isso não tenho tanto ânimo de fazer algum tipo de tarefa.

Mas cada vez mais percebo a verdade que quando fazemos alguma coisa que beneficia não só nós mesmos, mas outros, e sem nenhuma expectativa de retorno, conseguimos mais satisfação na vida.

E hoje vou dormir cedo que amanhã é dia!

6 Likes

Dia 9

Quase 10 dias. Essses dias até que foram OK.
Não estava super feliz, mas também não estava triste, indo em uma rotina normal.

Vieram pensamentos querendo que eu voltasse a velha rotina, mas consegui ignorar a maioria.

É como se se tivesse na mente aqueles pop-ups chatos que ficam aparecem de vez em quando no celular, a mensagem “Vai recair?” e três botões embaixo “SIM” , “TALVEZ” e “NÃO”, e toda hora tem que clicar no não.

Só hoje, ao tomar banho, acabei dando um pouquinho de corda para um trigger e quase foi para a recaída, mas consegui parar. Isso é perigoso pois pode aumentar a taxa de pop-ups. :fearful:

Estou tentando diminuir o meu tempo de celular, mas está difícil. Estou gastando uma média de 8h e 46m (!) por dia! Eu mexo mais no celular do que durmo! Isso tem que mudar. Pelo menos hoje só usei 6h e 30h! Minha meta é 5h no máximo.

Por enquanto é só! Vou dormir que já está na hora e amanhã é dia!

4 Likes

Parabéns cara; tuas estratégias são bem interessantes. Religião realmente ajuda a não cair em desgraça; quando me afastei, tive uma crise psicótica causada por hábitos de masturbação, foi bem grave. Não voltei para a religião, mas comecei a estudar ciência natural, o que está drenando uma boa parte as energias que sobravam dos meus hábitos sedentários. Não sou descrente, no entanto; faço minha orações, sempre em momentos de alegria ou de dificuldade.

2 Likes