Desafio - Férias sem moleza!

desafio

#43

Mais um dia, estou de ferias da faculdade e do trabalho, constantemente em casa, é complicado, para quem é religioso a oração ajuda bastante


#44

A data de início é 04, mas eu queria participar do desafio, hoje e dia 05 e recai nesse dia, mas quero completar o desafio junto com a galera!
Nome: JeanGuedes
Código: ruz4rm


#45

Não tem problema não galera… vamos chegando… Queria um desafio atemporal onde todos se sintam desafiados a participarem e apartir dessa decisão lutarem com todas as forças rumo a vitória!
Não terminaremos em fevereiro, mas a proposta é chegarmos novamente em Janeiro limpos!


#46

Voltei galera, preciso muito de vcs. Estou em um buraco negro. Não consigo ficar sóbrio.

Código: toopiw


#47

@Astronauta que bom que vc voltou, irmão! Tb tenho enfrentado inúmeras turbulências, com chuva de asteróides e problemas na jornada! Mas estamos aqui!


#48

Eu te adicionei, e estou te acompanhando nessa jornada. Vc não está sozinho nessa guerra.


#49

Concordo com o @Thoth, faz muito bem agitarmos o tópico do desafio.

Uma ideia que me ocorre: seria legal, nesses períodos, meio que transferirmos nossos diários pessoais para este tópico. Em vez de escrever em nossos tópicos particulares, escrever aqui. Assim, permaneceremos conversando sobre nossas lutas de forma permanente, trocando experiências, aprendendo.


#51

Estou iniciando o dia 44. Daqui uns 41 dias mais ou menos, uma ficante minha voltará para minha cidade, pois no momento está de férias da faculdade. Estarei com cerca de 85 dias de reboot, e voltarei a fazer sexo normalmente. Como eu já havia ficado com ela algumas vezes, acho que não ficarei ansioso. Expliquei pra ela sobre o vício e ela reagiu super de boa, até disse que tbm tinha problema com PMO, então eviei o e-book pra ela. Se eu não contasse ela nem notaria, pois qnd ficamos, eu já tinha reduzido drasticamente o vício; e a DE estava em um grau bem leve, resolvendo perfeitamente com medicamento, para compensar a perda do tato devido ao uso de camisinha. A gente não se fala direto, mas ela já está ciente de que não podemos conversar “coisas quentes”. Hoje não tenho mais medicamento, mas pretendo usar para ter mais confiança e ir reduzindo gradualmente e acompanhando a reação. Sei dos riscos de dependência psicológica, mas estou decidido a voltar a vida sexual a todo custo; com o tempo o corpo vai voltar a aprender fazer sexo sem precisar de estimulantes. Dar uma de super-homem, só para elevar o ego não me servirá em nada, e já sabemos onde isso dá. Vou tomar mesmo, e vai pegar nem que seja no tranco; muitos rebooters fizeram isso e deu tudo certo, e não sendo eu melhor que ninguém, farei da mesma forma.


#52

Prestigiando a sugestão do @novoluar, postarei aqui neste tópico. Tentarei ser mais objetivo, e prometo que evitarei textões.


#53

Como resetei o contador hj meia noite não irei participar, mas irei participar dos próximos desafios. A sugestão do Bird Box ficou muito bom alguém quer criar?


#54

Boa tarde, gostaria de agradecer por vocês serem meus companheiros! Hoje eu completei 60 dias limpo❤️, e cada vitória dá gosto de continuar. Eu nunca havia chegado nesta marca de dois meses, e agora aponto para mais um mês o de terei 90 dias e o Reboot! Acredito em cada um, principalmente nos que eu chamo de líderes.


#55

Parabéns parceiro, sucesso hein estou na torcida aqui por vc. Tenho certeza q irá conseguir.


#56

Obrigado mano!:heart: Estamos juntos


#57

Ando um pouco desanimado e esse desafio me trouxe uma nova chance de tentar me superar.

Nome: Atkins
Código: b31352
Streak atual: 0


#58

Tenho procurado entender mais sobre o meu vício e o que me levou a cair nesse poço. Quero recuperar a minha identidade, quem eu realmente sou. Todo esse lixo da P não nos define! Estou começando aos poucos, um dia de cada vez. A Primeira grande mudança é que agora estou dormindo com a porta do meu quarto aberta. Estou passando menos tempo no facebook, máximo 10 minutos. Foi a única rede social que me restou. Estou me afastando de algumas pessoas, amizades que não agregavam valor algum.Comecei excluindo os números. Estou tentando parar de tomar refrigerantes também.


#59

Semana passada, eu tive 3 poluções enquanto dormia, mas elas não me atingiram como costumeiramente ocorria quando eu completava um mês. Sinto mais diferenças, mas livre, e hoje quero iniciar novamente minhas caminhadas e corridas após esse tempo de férias.


#60

Pensei eu fosse o único que conseguiu 3 na mesma noite :joy: é osso…


#61

Estou dentro meu amigo, e a propósito obrigado por me convidar, me sinto muito honrado de puder participar de um desafio criado por você e compartilhar mais um pouco da minha trilha com todos que aqui estão!

Código de compartilhamento: dfd392
Streak atual: 161 dias
Maior streak : 161 dias

Para atualizar um pouco vocês da minha jornada, começou o ano e já me veio muita tentação para cair, graças a Deus eu estava lendo o livro “vicio em pornografia: como parar” e cheguei na parte que ele fala sobre a manutenção do Reboot, e eu realmente estava muito relaxado devido ao tempo que estou limpo, e já tinha me esquecido o quão ruim são aqueles gatilhos que existem nas redes sociais, como fotos de amigas de biquíni, dançando funk etc, foi aí que eu me liguei que deveria voltar ao foco e evitar ao máximo esses gatilhos que vem até mim, por isso estou mais rigoroso agora nessa etapa da jornada para não dar brecha pro inimigo!


#62

Curti muito a ideia do nosso amigo @novoluar. E agora lendo as palavras do @Aladdin eu estou pensando no que estou vivendo.

Estou no dia 157, meu maior streak desde que compreendi o que é o vício da PMO.
Eu depois do 120 acho que relachei na questão de achar-me forte e o Mister Domínio Próprio, e daí já não estava tratando meus pensamentos com a mesma severidade que tinha no começo do desafio, minha mente está mais limpa e eu não consigo ficar fantasiando demais (nem estou tentando fazer isso pois eu sei que conseguirei se tentar). Mas algumas coisas tem me incomodado, tenho reparado que quando olho para alguém eu olho procurando achar algo, procurando sensualidade de alguma forma, e isso é mal, porque logo depois me vem pensamentos: pesquisa isso ou imagens daquilo (só por curiosidade e para me excitar).
Então, confiar demais em nossa força não é seguro. Definitivamente Não!

1 Coríntios 10: 12 diz: Assim, aquele que julga estar firme, cuide-se para que não caia!

E é isso que eu tenho que atentar e começar a ser mais humilde, lembrar-me da terrível vida que eu vivia e não dar mole.

Não é um contador que vai nos fazendo fortes, é não nos rendemos e nos entregarmos a cada luta.

Deus nos abençoe e foco na batalha!


#63

Galera, quero compartilhar uma coisa intrigante.

A minha PMO encontrou alguns comparsas de tramóia para me derrubar. Nos últimos dias a vontade de PMO nem passou perto, mas veio uma inocente vontade de jogar games, e instalei uns joguinhos no celular.

Um deles me prendeu a tal ponto que virei a madrugada de ontem pra hoje jogando. Nisso, foi por água abaixo o equilíbrio do sono (uma das propostas do Desafio 4 Luas :waxing_crescent_moon:). A falta de sono está me deixando meio mal-humorado hoje, meio carente. Soma-se a isso a fuga psicológica (não existe outro nome para virar a noite jogando uma coisa à toa), e estão abertas as brechas para eu abandonar meus ideais e recorrer aos pensamentos fapantes.

Queria que vocês reparassem na jogada ensaiada. A PMO não aparece, fica atrás da moita, e envia a insuspeita “vontade de jogar”. Eu deixo entrar, e jogo até ficar exausto. Então, o jogo vai, abre a minha porta por dentro, a PMO sai de trás da moita e entra para fazer o estrago dentro da casa.

Talvez nosso problema seja a compulsão por ter comportamentos compulsivos. A PMO é apenas uma das modalidades possíveis de fuga da realidade (que é o nosso problema aqui). Quando ela não comparece, manda substitutos. Temos que desconfiar de qualquer comportamento compulsivo, seja qual for o “objeto” (pornografia / jogos / séries / revolta política / comida / álcool e outras drogas / etc). Vai dar na mesma. E de quebra você ainda vai acabar recaindo na PMO também.


Diário do Ricardo