Assumindo meu vício. N sei oq fazer

Olá galera!

tenho 28 anos, casado e tenho um filho de 2 anos
sendo bem sincero n sei exatamente desde quando me masturbo. creio q desde os 14. mas naquela época lembro q era bem pouco. sei lá, era “estranho”. n era algo tão frequente na minha vida. pornografia, acesso era difícil. perdi minha virgindade já com 17 anos.
com 16 anos já namorando comecei a ter mais estímulos e a masturbação um pouco mais presente. mas n era td dia. já aconteceu de 4 vezes em 1 dia. mas era mais semanal. após os 18 anos se tornou bem mais frequente.

porém trabalhando, estudando ainda era dentro de uma “normalidade”, pelos menos comparado a hj.

com o tempo a frequência só foi aumentando e junto com isso o prazer em pornografia.

hj é raro os dias em q fico sem PMO, sendo q com filmes deve ser umas 3h ou mais do meu dia, me tocando e chegando ao climax umas 2 vezes. tem dias q ter uma ereção dói e mto. mesmo assim ainda acabo me masturbando e isso tem acabado com minha vida.

minhas relações com minha esposa diminuiram mto. ficamos com uma frequência bem grande por 2 3 semanas sem relações. mas tento sempre comparecer nos FDS, até pq geralmente estou com ela sábado e domingo e n tenho como PMO e se n tiver nd no sábado domingo já estou com uma disposição maior e consigo bater o ponto. já cheguei a comprar sildenafila(base do viagra) para conseguir comparecer legal em datas importantes.

hj trabalho em um ambiente em q fico sozinho o tempo inteiro. onde fico é maior q minha casa quase 2 vezes e tem várias salas e banheiros. em alguns momentos vem alguém aqui, passa 5min e sai. as vezes no horário de almoço algumas pessoas vem pra cá e vão para algumas das outras salas descansar. meu trabalho passo bastante tempo ocioso olhando pro meu notebook.

por incrível q pareça é no meu serviço q faço td de errado. tenho td tempo do mundo para passar horas assistindo filmes. pelas curvas já conheço as atrizes. vários site decorados. quando n tem um filmes das grandes empresas ou me canso deles vou para vídeos amad.

esses últimos dias meio q me entreguei de vez. nem precisava de uma discussão nd. só chegava no meu serviço e a primeira coisa q fazia era começar a procurar algo novo das atrizes e gênero prediletos

em outros momentos já procurei algum material para ajudar, porém n tive êxito. hj conseguir baixar um ebook “Vício em pornografia: como parar” e encontrei esse site onde li vários depoimentos e resolvi compartilhar minha história pq n sei mais oq fazer.

me sinto humilhado, fraco e impotente perante td isso.

3 Likes

Também tenho 28 anos comecei com 12 anos de idade em 2014 me apeguei em Deus e conheci um site chamado guardyouryes que me ajudou e consegui 1596 dias seguidos limpo sem Pmo, antes de 2014 , de 2003 a 2014 eu praticava P e M todos os dias chegando ha 7 vezes em 1 dia em 2007 , como consequência tive depressão , síndrome do pânico , P e M lesa nosso corpo mente e alma , porém pra tudo existe cura , começando indo 1 dia de cada vez , sem peso , sem se sentir deprimido e em paz …, guarde seus olhos dos gatilhos , instalando filtros nos seus dispositivos (em todos) , esqueça da existência de instagram e outras fontes de gatilhos , se estiver vendo tv mude de canal , se andando na rua desvie o olhar de mulheres que se vestem provocadoras , seja a única mulher fo mundo a sua que Deus te concedeu , pense no futuro dela e de seu filho e como melhorar esse mundo pra vc e pra eles ( já esta fazendo porque esta aqui) , não lute de frente com gatilhos e pensamentos pois lutar de frente só piora , apenas ignore os pensamentos e se desvie dos gatilhos com o tempo VC progride e vira Habito e não sente mais falta de P nem M , contando que continue guardando os olhos ( essa regra é eterna para manter o reboot ) e sempre se Refugie em Deus buscando melhorar seus caminhos e se tornar um ser humano melhor , assim obterá êxito , o site que me ajudou é esse

https://guardyoureyes.com/gyehandbook

Outro site que pode te ajudar assim como o Rewire Companion (que é essencial)

2 Likes

Obrigado por compartilhar a experiência

pra mim ainda é meio complicado aceitar td. tenho tentado fazer uma autocrítica e ver onde e quando me perdi de vez. tenho a sensação q estou fazendo uma espécie de sabotagem comigo mesmo, sempre afundado em algo. sou uma pessoa de pouquíssimos amigos. pra ser sincero acho q só tenho 1. sou fechado, calado, péssima autoestima, n gosto de lugares cheios e com mto movimento creio q mto por n me impor, então estou o tempo td fazendo o q n quero ou n gosto. esses últimos 2 anos desistir da minha carreira e resolvi tentar passar em um concurso para dar mais estabilidade a minha família, ainda n obtive sucesso. na verdade ai começa a sabotagem, dificuldade em entrar de cabeça em algo q realmente tem valor. tvz medo de me dar ao máximo e fracassar, uma coisa é fracassar sabendo fez pela metade. medo de me afundar ainda mais na minha solidão.

tenho tentado estudar, mas passo mais tempo vendo P q estudando, ainda tem o fato q isso provavelmente afeta na minha capacidade analítica, na atenção e outras coisas q preciso.

os maiores períodos q passei sem PMO nesses 2 anos geralmente estava afundado em games, oq tbm n é saudável e com td certeza é um dos maiores culpados do meu fracasso na profissão.

simplesmente saí de uma coisa e entrei em outra mto pior, pq agora afeta meu casamento. é algo q tenho vergonha e n converso com ninguém.

última coisa q passa na minha cabeça é virar pra minha esposa e falar q n temos relações pq estou cansado por me M demais. e ela sabe q tem algo errado. como alguém casado vai ficar 2 3 semanas sem nd. ou ta pulando a cerca ou ta se aliviando sozinho.

2 Likes

Também tô estudando pra concurso amigo e não precisa ser tudo ou nada , não se pressione por isso , estude tranquilo dando intervalos eu mesmo estudo 2 horas por dia sem stress , divido em intervalos, se for da vontade do Eterno a vaga é sua , contando que estude porem não tudo ou nada , estude tranquilo sem cobrar demais de VC , eu estudo tranquilo não vou estudar ate o ponto de me estressar é só ter moderação e freqüência que chega lá , não se Culpe pelas suas quedas , aprenda com elas e melhore , se culpar é o desejo do mal porque aí fica depressivo e não sai desse ciclo , vá um dia de cada vez , leia os sites que te recomendei , extraia as ferramentas e as ponha em pratica , e lembre se nunca é tudo ou nada , D-us não nos pede perfeição porque sabe que não somos perfeitos , Ele pede que nos melhor em os a cada dia , que tampemos as brechas de nossas vidas , e para que semeamos coisas boas

1 Like

Tbm sou casado e essa situação é desesperadora, espero que consigamos vencer esse maldito vício em nome de Jesus

1 Like